Header Ads

Poupa mais, mister!

Flamengo empata com o Goiás.

Desde que Jorge Jesus chegou ao Flamengo, o trabalho tem sido tão incontestável que tem sido difícil falar qualquer coisa. O homem faz o time jogar bonito, quebra paradigmas e faz o rubro-negro quebrar recordes atrás de recordes. 

Mas, porém, contudo, entretanto, todavia, nem Jesus acerta todas. O time do Flamengo se mostra cada vez mais cansado e vem sofrendo no final das partidas. Pelo menos daquelas que não consegue resolver mais cedo ou nas mais fáceis. Foi assim no 2x2 do Serra Dourada.

Vindo de uma sequência de resultados incrível, o time da gávea tem sido extremamente desgastado. E são vários os motivos. Contusões, jogos grandes, convocações. Exemplo maior é  Bruno Henrique, que não entrou em campo como titular pela última vez contra o Ceará, ainda em agosto. Mesmo com físico, é humanamente impossível aguentar uma sequência tão grande. No gramado alto e enorme do Serra Dourada isso fez total diferença.

A política do mister é de forçar até o limite, pondo todos para jogar. Prioriza o brasileiro como poucos no Brasil sabem e tem sido elogiado por isso. Mas tem outro motivo também. Fica cada vez mais claro que o Jesus não confia no seu banco e hesita em por reservas para jogar. Até porque nosso time titular hoje é um absurdo.

Mas mister, uma hora a conta chega. Tanto o desgaste físico quanto emocional. Foram tantos jogos grandes que o time já parece desdenhar de certos adversários mais fracos. Faz o mínimo e depois reduz muito a rotação. Combine-se as duas coisas com nosso potencial para flamengadas e está feito o estrago.

É hora de poupar mais, mister, principalmente em jogos contra times menores. Ponha os reservas, os garotos, mais descansados e mais motivados. Já garantiram em jogos como o Fortaleza, podem garantir mais. O brasileiro é uma maratona e para seguir na mesma toada é preciso chegar equilibrado.

Mas rubro-negro, acalme-se. Foi só um empate fora. Um resultado anormalmente anormal. Em outras circunstâncias seria um bom placar. Não é hora de pânico e muito menos de criar crise na Gávea por um empate fora ou por cenas de discussões normais entre os jogadores.

O Flamengo segue líder, com oito pontos de vantagem, faltando 9 rodadas para o final do campeonato. Fez 44 pontos dos últimos 48 disputados e tem o melhor desempenho disparadamente do Brasil. Pode ficar chateado mas tome uma água e relaxe. Não tem crise na Gávea. O Flamengo continua mais perto de Tóquio do que nunca, ainda que seja no Catar.

No mais,
Saudações Rubro-negras.

(Fonte: Marcos Souza / Nascimento Souza Press / Estadão Conteúdo)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.