Header Ads

Feliz 2020!

Pelé ou Cazares? Só o tempo dirá.
(Foto: Twitter)

Bem, amigos do Linha de Fundo, o ano de 2019 acabou no último domingo. Com a vitória sobre o Corinthians por 2 a 1 e a garantia da permanência na Série A, nada nos resta de muito importante nesse resto de campeonato, a não ser a classificação para a Sul-Americana e, claro, acompanhar a queda do Império do Mal (leia-se Cruzeiro) para a segunda divisão. 

Por isso, já está mais do que na hora de Sérgio Sette Câmara e seus amigos começarem a planejar uma forma de parar de enfiar o Galo naquele lugar. E esse desafio começa mandando Vagner Mancini embora agora. Nem precisa esperar os últimos dois jogos. Bota no lugar dele o treinador do Sub-20, o Belmiro, o Maicon Bolt, não interessa. Precisamos de um treinador de verdade e Rogério Ceni seria um excelente nome, apesar das notícias indicarem que ele vai fechar com o xará paranaense.

O segundo passo é fazer uma limpa quase geral no elenco, liberando aqueles que têm contrato se encerrando por agora e buscando rescisões amigáveis ou empréstimos dos que têm vínculos mais longos, trazer reforços decentes que façam os poucos bons jogadores que temos (Cleiton, Réver, Rabello, Jair, Cazares, Marquinhos e Bruninho) renderem muito mais e uma alternativa pode e deve ser as categorias de base, pois, se não houver lá um atacante melhor que o Di Santo, tem que explodir e começar tudo de novo.

Para o próximo ano, a torcida também deve mudar. Não se pode mais colocar num pedestal jogadores que não rendem há anos, como o Marqueteiro da Camisa 27, e perseguir jogadores de maneira desproporcional, como fazem com Cazares e Igor Rabello (o camisa 10, aliás, merece um texto).

É claro que se tudo isso acontecer, principalmente na diretoria atleticana, vai ser uma grata surpresa, já que nossos mandatários têm a competência semelhante a de um pepino em conserva. No entanto a gente faz nossa parte, cobrando, torcendo e esperando por dias melhores.

Feliz 2020! 

@victismo

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.