Header Ads

14 Homens e 1 Segredo



(Foto: Lucas Merçon/ Fluminense FC)

O Fluminense estreou no Campeonato Carioca de 2020 contra a possante Cabofriense. A equipe das Laranjeiras bateu o seu adversário por 1x0 em um jogo marcado pelas ausências do lado Tricolor e um "Segredo" que ainda será revelado.
Em Bacaxá não apareceram Brad Pitt e George Clooney, o elenco tricolor que atuou na Região dos Lagos era bem mais modesto. 14 atletas não puderam ser relacionados por Odair Hellmann,  entraram em campo os jogadores disponíveis e, em sua maioria, estes eram reservas.
Hudson, que poderia ser escalado como galã de qualquer trama "Hollywoodiana", foi o melhor do Flu em campo. Desarmou e marcou a partida inteira, ainda deu a assistência para o gol do "Vôvô Garoto", Nênê. Hudson deverá formar uma dulpa de volantes com o experiente Henrique (ex-Cruzeiro), um jogador que é reconhecido por não participar do setor ofensivo das equipes que defendeu.
Para o Flu ter mais chances de gol nas partidas, Hudson deverá desfilar a sua beleza em vários setores do campo. Sorte dos camêras das partidas.
Com 14 desfalques, não podemos cobrar muita coisa do novo técnico do Tricolor. Apesar desse número enorme de ausências,  o que anda mobilizando a maioria dos torcerdores do Flu nesse início de 2020 é o oculto.
O "Segredo", o décimo quinto desfalque, aquele que ainda não saiu de Minas Gerais mas já sabe o caminho de casa.
Já temos um galã em campo, falta agora a volta daquele que já foi herói e poderá nos guiar para outras conquistas cinematográficas.
"Fred no Fluminense", em breve num estádio perto de você.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.