Header Ads

Em jogo disputado, Leão e Galo empatam na Arena

Foto: Ecvitória / Divulgação
Vitória e Atlético Mineiro empataram pela quarta rodada da Série A do Brasileiro de 2016 na Arena Fonte Nova. Foi um jogo bastante corrido e disputado, com algumas jogadas ríspidas. Kieza marcou para o leão e Patric para o Galo.

RESUMO

O time de Mancini perdeu a compactação ofensiva que tinha no campeonato regional, aquela que avança os volantes juntos para a intermediaria adversária e que fica quase sempre controlando as segundas bolas e voltando a sufocar e circular a bola. Mas esse fato vêm ocorrendo por duas questões básicas: não aumentamos nosso nível de qualidade técnica, como também temos pela frente um melhor nível dos adversários.

O Galo, apesar de desfalcado, veio a Salvador buscar os três pontos. E vale lembrar que esse mesmo time venceu o Campeão Paulista, Santos, e apenas Cazares foi o jogador diferente. O elenco do Atlético é muito forte e contou com pelo menos cinco titulares. O treinador veio atuando dentro de 4-2-1-3 espelhando o sistema de Mancini. Porém, como Patric é um jogador bastante agudo, se via muitas vezes um 4-2-4.

Havia comentado durante a semana que o segredo para esta partida era tirar a velocidade do duelo. Mas o Vitória não soube fazer isso e entrou no jogo veloz e mais coordenado do Galo, por pouco não saiu derrotado.

Na primeira etapa fomos até mais organizados no jogo, esse tempo só perdeu para o Vitória do segundo tempo a partir das intervenções feita por Fernando Miguel. Antes disso, o Galo ficou muito mais próximo do segundo e terceiro gol. No primeiro tivemos uma chance com Kieza e com Renan e o Galo apenas uma.

Sem Marinho, Mancini lançou David de primeira, que fez um jogo aceitável, foi melhor que Domingues e Vander por exemplo. O time teve em Fárias, Renan, Kieza, Victor Ramos e Fernando Miguel apesar da falha, seu ponto alto. Amaral me parece um pouco fadigado e daria um descanso para ele na quinta.

O elenco tem certa qualidade em alguns setores e peças aceitáveis de recomposição, mas ja provou que na meia central, extremos, laterais e centroavante é muito carente. O elenco não é homogêneo. 

Entendo que conseguimos somar mais um ponto importante dentro de nossa disputa peculiar da Competição 4. Já roubamos pontos valiosos dos adversários da Competição 1. 

Agora é tentar surpreender o Flamengo trazendo pontos de lá.

É isso aí galera!

Seja Sócio SMV!

Por @AdsonPiedade


FICHA TÉCNICA

VITÓRIA 1 x 1 ATLÉTICO-MG


VITÓRIA - Fernando Miguel; Maicon Silva, Vitor Ramos, Ramon e Diego Renan; Amaral, Willian Farias e Leandro Domingues (Flávio); David (Dagoberto), Kieza e Vander (Alípio). Técnico: Vagner Mancini.

ATLÉTICO-MG - Victor; Marcos Rocha, Edcarlos, Tiago e Lucas Cândido; Rafael Carioca, Leandro Donizete e Patric; Pablo (Júnior Urso), Hyuri (Capixaba) e Carlos (João Figueredo). Técnico: Marcelo Oliveira.

GOLS - Patric, aos 35 minutos do primeiro tempo; Kieza, aos 33 minutos do segundo tempo.
CARTÕES AMARELOS - Diego Renan, Maicon Silva, Amaral, Willian Farias e Vitor Ramos (Vitória); Capixaba, Rafael Carioca, Lucas Cândido, Carlos e Edcarlos (Atlético-MG).
ÁRBITRO - Rodolpho Toski Marques (PR).
RENDA - R$ 266.766,00.
PÚBLICO - 12.791 pagantes.
LOCAL - Arena Fonte Nova, em Salvador (BA).

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.