Header Ads

O que vale são os 3 pontos

PARANÁ 1 x 0 JOINVILLE


Mais um jogo em que os dois times entraram em campo pelo Paraná Clube. Ao contrário do que aconteceu contra a Luverdense, hoje foi o primeiro tempo que beirou ao ridículo. Eram só chutões e passes errados, não só do Tricolor, mas dos dois times. No segundo tempo passamos para um modesto aceitável, não comprometemos, mas também não fizemos grande coisa.

Foto: Giuliano Gomes/PRPress
Os primeiros 20 minutos do jogo foram talvez os piores que vi na vida. O time não criava nada, ninguém jogava, era só gente despachando a bola para não se complicar. Os 25’ restantes foram menos piores, a equipe conseguiu criar alguma coisa e até abrir o placar. A primeira boa oportunidade veio com Murilo Rangel, que recebeu boa bola na entrada da área, mas bateu mal e praticamente recuou para o goleiro. Na segunda, Robson abriu o placar. Já no apagar das luzes, Lucio Flavio recebeu lançamento, ganhou do zagueiro, caiu, levantou e rolou pro camisa 8 dominar e fuzilar a rede adversária.

No segundo tempo, o time deu uma melhorada considerável, pecou na criação, mas foi seguro para garantir o placar. Murilo Rangel "entrou no jogo" e deu mais dinâmica ao meio campo Paranista. Apesar de ter mais administrado do que jogado, as oportunidades também apareceram na etapa complementar. Lucio Flavio rolou para Murilo na grande área e este exigiu bela defesa do goleiro. Depois foi a vez de Henrique arrancar pela direita, driblar o goleiro e tentar cavar um pênalti sem sucesso. Com a vitória, o Tricolor se reaproximou do G4 e agora está na 10ª colocação, a 4 pontos da zona de classificação.

Sobre o jogo: mais uma vez Valber foi horroroso; Alisson e Pitty foram seguros atrás; Tavares ficou muito preso e quase não levou perigo no ataque; Basso bem; Murilo acordou só no segundo tempo e se destacou, como nos últimos jogos; e Robson novamente tentou muito e errou mais ainda, mas conseguiu fazer o gol da vitória.

Público mais uma vez foi bastante baixo na Vila Capanema
Foto: Geraldo Bubniak
O próximo confronto Tricolor é nada menos do que o líder da competição fora de casa. Martelotte deve contar com a volta de Rafael Carioca na lateral esquerda, mas por outro lado perde Pitty, suspenso. Poderá o irregular Paraná surpreender e derrotar o Vasco em São Januário? Arrancar o empate não seria a pior das hipóteses na atual situação...

Fellipe Soares || @_FellipeS

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.