Header Ads

A corda arrebentou do lado mais fraco

Após mais um revés na Série B, diante do Oeste pela sétima rodada, os protestos da torcida carijó surtiram efeito. A pressão chegou à diretoria, que finalmente deu uma resposta, se pronunciando através do responsável pelo futebol do clube, Gustavo Mendes.

Não é novidade no futebol brasileiro que a corda sempre arrebenta do lado mais fraco, no caso do treinador, que sempre assume a maior parte da responsabilidade de uma campanha indesejada. Era nítido que Ricardo Drubscky seria demitido mais cedo ou mais tarde, o que veio a acontecer um dia depois da derrota.

Embora a demissão seja justa, pela incapacidade do treinador de conseguir tirar tudo que podia deste elenco, foi apenas o primeiro passo para que as mudanças venham a acontecer. A solução dos problemas não está apenas em trocar de treinador e esperar que o próximo mude totalmente o desempenho de um elenco limitado. Para que o time busque a reação na competição, há a necessidade de reforços imediatos, exigimos uma campanha digna e a pressão sob a diretoria/jogadores continuará.

A segunda passagem de Ricardo Drubscky terminou da pior maneira (Foto: Marina Proton)
PS: Gostaria de demonstrar a minha profunda admiração por Ricardo Drubscky, tanto como treinador, quanto como pessoa. Na maioria das vezes, os torcedores são movidos pela paixão e eu me incluo nisso, de maneira nenhuma queremos ver nosso time mal. Porém, com um investimento tão baixo e em uma competição tão difícil, todos nós sabemos o quanto seria difícil trazer bons resultados. Infelizmente você não foi capaz de "fazer milagre", errou e teve sua parcela de culpa sim! Mas, essa passagem não apaga tudo que foi feito no passado, tendo conquistado o título mais importante da história do clube. Desejo toda sorte nos próximos desafios! Obrigado professor!

Por: Marcelo Júnior || Twitter: @marcelinjrr

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.