Header Ads

Bragantino volta a perder no Brasileiro


Atlético Goianiense 1 x 0 C.A Bragantino - Outro resultado negativo para o time do Massa Bruta, o Bragantino perdeu para o vice-líder do Campeonato Brasileiro da Série B em Goiânia.

Parece que ainda falta muita coisa para o Braga jogar bom futebol, principalmente um meio campo mais organizado, com jogadores que criem jogadas, que o time abandone o medo de tomar um gol e passe a finalizar melhor, um time corajoso e que não jogue dessa maneira que vem realizando suas partidas. Enfim, vamos para a resenha de outra derrota.

Primeiro Tempo – Na primeira etapa, como já era de se esperar, o time da casa saiu para o ataque em busca do primeiro gol. O Bragantino apenas se defendia, e várias sequências de escanteio para o Atlético Goianiense ocorriam naquela altura. Apesar disso, o primeiro lance de perigo da partida foi do Bragantino: cobrança de falta de Bruno Pacheco e cabeceio de Guilherme Andrade, a bola passou muito perto da trave. O Bragantino até tentou uma pressão, mas não deu certo. Aos 40 minutos, cruzamento de Romário, a zaga bragantina afasta, e Pedro Bambu aproveita a sobra para abrir o placar num bonito chute cruzado.


Intervalo, o repórter entrevista Léo Jaime: “A gente tem que tentar segurar mais a bola. Infelizmente sofremos um gol, mas vamos tentar sair com a vitória”. O único jeito de sair com a vitória naquela noite, seria saindo com a outra Vitória, porque em campo, sem condição alguma de vencer com esse futebol meia-boca.

Segundo Tempo - O time queria a vitória? Então porque não pressionaram? Nos primeiros dez minutos o Atlético Goianiense chegou cinco vezes perto do gol de Felipe, que é um coitado no time, já que não tem apoio nem da zaga ruim, nem dos volantes que não marcam bem no meio-campo. Toninho Cecílio mudou o time, no ataque saiu Eliandro e entrou Renato Sorriso, no meio saiu Tartá para entrar Marcos Paullo, e o técnico ainda fez uma boa ousadia ao tirar o lateral improvisado Rodrigo Sam para a entrada do meia-atacante Erick. O time não criou praticamente nada, apenas cruzamentos sem sucesso e chutes de longa distância. A melhor oportunidade foi aos 35 minutos, onde Bruno Pacheco cobrou falta com força, à bola passa por todo mundo e assusta o goleiro Marcão. No último minuto da partida, Júnior Viçosa cabeceou após cruzamento e Felipe defende, no rebote Lino faz o gol, mas a arbitragem já havia marcado impedimento (corretamente).

Se o Bragantino não melhorar seus fundamentos, a terceira divisão já será realidade, tem que melhorar enquanto é tempo, ano passado o Mogi Mirim passou por isso. A próxima partida do Braga será nessa terça 7/6/2016, no Estádio Nabi Abi Chedid às 19h15min diante do Avaí.

Destaque para o erro estranho da página do Globo Esporte
Mateus Segur || @SegurMateus
Linha de Fundo || @SiteLF
(As fotos são do site oficial do Atlético Goianiense)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.