Header Ads

Estava bom para ser verdade...

No último jogo em casa pela terceira rodada da série B do Campeonato Brasileiro, o Avaí venceu o Ceará pelo placar de 4 a 2, colocando no coração do torcedor avaiano a esperança de dias melhores. Neste jogo que ocorreu no dia 28 de maio, o Avaí marcou três vezes só no primeiro tempo, fazendo com que nos iludíssemos com o time limitado que temos. A segunda etapa veio e o Avaí mostrou-se frágil como vem fazendo nos últimos meses. Os mesmos apagões na defesa avaiana permitiram ao Ceará diminuir a vantagem do time Azurra.

Por mais que na segunda etapa daquele jogo nós nos apequenamos diante do Ceará, isto não apagou o brilho de uma goleada que esperávamos ara consolidar uma arrancada esperada há tempos pelo torcedor.

Aquele jogo passou e o nosso próximo objetivo era enfrentar o time do carvão lá em Criciúma, com o objetivo de vencer ou no máximo empatar. O time do técnico Silas encarou o time do sul de Santa Catarina na noite de ontem, às 19h15min no estádio Heriberto Hulse, e amargou uma derrota simples de 1 a 0 que evidenciou os problemas mal resolvidos que o time enfrenta.

Foto: Caio Marcelo / Divulgação Criciúma
Faltando algumas peças no meio de campo, todas as mexidas do técnico Silas não surtiram efeito, pois fez as três substituições sem pensar no quesito mais importante de um time. Com o Avaí totalmente sem apoio na meia-cancha, acabou não conseguindo dar um susto se quer, em todos os 90 minutos, no goleiro Luiz.

O time azurra voltou pra casa com o sentimento de derrota e, mais um vez, o torcedor sofre com a péssima atuação que vem fazendo o técnico Silas. Jogadores de referência realmente faltam no nosso time, porém alguns ajustes a serem feitos para que o jogo não fique do jeito que ficou no último, são necessários.

Volto a repetir que precisamos de um meio de campo e de dois volantes bons com urgência. Espero muito pela volta do ídolo Marquinhos, pois sabemos que mesmo com suas limitações por causa do joelho recém-operado, o camisa 10 faz mágica quando está em campo.

Próximo jogo é sábado no estádio da Ressacada, em Florianópolis, às 21h contra a equipe do CRB. Esperamos que o técnico Silas não invente nas substituições, esqueça o Lucas Coelho dentro do vestiário, e ajuste o meio de campo antes do jogo começar. Quem sabe assim, os três pontos que são obrigatoriedade dentro de casa, se ganhe sem sufoco.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.