Header Ads

Nos tornamos uma piada

Achei muito engraçado que jogando um futebol ridículo, tendo um elenco limitado, vários jogadores no departamento médico, e o Enderson ainda teve coragem de dizer que o Serra Dourada seria um fator a mais para o Goiás e que iríamos voltar a vencer. Não passou de uma piada. Não passou de mais um tapa na cara do torcedor esmeraldino que teve a coragem de gastar seu tempo, dinheiro e energia pra ir ao estádio ontem e ver esse clube ser jogado na zona de rebaixamento. Será que o nosso dirigente maior está chateado ou preocupado com isso? Que nada. Ele está passeando na França feliz da vida, enquanto nós, choramos em lágrimas de saudades do Goiás que nos dava orgulho.

Mais um tropeço e agora na zona de rebaixamento. Foto: globoesporte.com
Essa imagem mostra claramente o que está acontecendo com o Goiás: Está sendo derrubado, jogado no chão, caindo na incompetência dos próprios dirigentes. Não tenho muito que dizer da análise tática da partida de ontem. Todos os jogadores foram extremamente péssimos. Até mesmo o Renan, que depois de tanto eu defendê-lo, já estou quase mudando de lado. Pra você ter ideia, os momentos mais emocionantes do jogo foram os protestos da torcida do Goiás de frente à tribuna e uma briga de mulheres, que era a última coisa que eu esperava ver, além de uma virada do Goiás.

Sabe outro ponto interessante? Os autores dos gols do Bahia. Foram Renato Cajá e Thiago Ribeiro. Jogadores estes que foram contratados como principais nomes do time baiano para essa temporada e mostrando que são fortes na questão do futebol e contrataram para subir, para ver o time lá por cima da tabela. E o Goiás? Contratou Cassiano, Rossi e Wagner. Planejamento para jogar o time na degola, e não é que está dando certo? Detalhe: Temos mais dinheiro do que o Bahia, porém, não tivemos a mesma competência.

Enderson colocou a culpa toda nele mesmo em entrevista coletiva. Então, o culpado não tem que pagar? Faça o favor de pedir demissão juntamente com esse diretor de futebol que não tem tanta experiência como nós achávamos que ele tinha. Com um novo treinador e com as dispensas de alguns jogadores, podemos dar a volta por cima, porém, abra o olho, não é necessário outro treinador meia-boca, pois senão é decretar o rebaixamento para a terceira divisão. Seria o fim da moral do Goiás.

Já falaram em Fernando Diniz, atualmente no Oeste, que é um bom nome, porém, falaram também de Gilson Kleina, que é um Hélio dos Anjos mais narigudo. Pense grande, Goiás. Vá atrás de Dado Cavalcanti, Givanildo Oliveira ou Léo Condé. Tenha pulso firme. Ninguém quer mais o Goiás afundado em crise como ele está hoje e ninguém aguenta mais ver tantas derrotas.

Enfim, deixo aqui mais um pedido nobre ao Sérgio Rassi, que prometeu em um grupo de WhatsApp que as coisas vão mudar: Quando o senhor estiver retornando da França, por favor, esteja dentro de um Air France. Obrigado e sem mais delongas.

Wagner Oliveira || @wagneroliveiraf
Linha de Fundo || @SiteLF

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.