Header Ads

Nosso amor te levará ao acesso

Entre tantas fronteiras, tantas amarguras, temos um espaço que devemos conquistar. É um sonho do torcedor, é um desejo que já vem sendo adquirido pelo povo Alagoano faz décadas, todos querem ver seu clube disputar um Campeonato Brasileiro da Série A, todos querem, mas será que todos podem? Essa é a dúvida que pode chegar até nós e fazer com que ficamos tristes. 



O ano de estreia do nosso saudoso clube no Brasileiro Série B, que na época era popularmente conhecido como "Taça de Prata" foi em 1971, década de 70 que foi a mais brilhante em toda a história do clube, colecionando sete campeonatos estaduais, dois torneios inícios e uma Copa do Nordeste. O jogo era contra o Náutico de Recife, o dia era 12 de Setembro, e o resultado da partida foi de 6 a 1. Impossível ter uma estreia melhor do que essa, vencer por goleada como mandante é sempre algo agradável para o torcedor, que comparece e ver uma partida fantástica de seu clube.

Ao passar do tempo, o clube foi mantendo sua regularidade em competições nacionais, nunca teve perto de falir, e muito menos de ser um clube de sucesso de reputação nacional. Sempre sendo um clube tradicional da principal divisão de acesso do país.

Colecionadas e bem guardadas participações faz com que o clube venha sendo o segundo clube que mais vezes disputou o torneio, atrás apenas do Ceará. É importante que o clube se mantenha firme sempre com sua regularidade, mas claro, sempre almejando o sucesso para a felicidade de seus torcedores.

2016, seria o ano?

Um ano que começou cheio de confiança por parte da torcida e dirigentes, mas foi aos trancos e barrancos, e com a velha freguesia que o título estadual foi bem conquistado. Estaremos agora com uma esperança de acesso para a Série A, que todos desejam em ser conquistado.

Sempre irá existir esse sentimento no coração do torcedor, esse clube que leva a emoção para as pessoas, que traz o amor verdadeiro ao nosso dia a dia, é essencial sempre querer o bem do clube, e pensar grande, devemos sempre impôr nossas realidades a tona, e não pensar em soberba.



O torcedor sempre estará do lado do jogador, treinador e dirigentes. Ele quer representar seu sentimento ali, na arquibancada, mostrar seu fanatismo a quem presencia a mais bela forma de viver o futebol. Esse clube que tanto falo sobre, mas nunca digo o nome, é o meu maior patrimônio, é aquilo que eu sempre vou estar junto, mesmo nas horas difíceis, eu vou lembrar que posso sorrir novamente, e ele será o motivo.

Clube de Regatas Brasil, um símbolo de que o torcedor pode sim fazer a história do clube com amor, com presença e com união. Seu passado de glórias, de ídolos, pode ser reaberto novamente para o presente, o clube está agradando em partes a torcida com suas contratações e revelações de base, xodós já temos, mas pode ser aberta uma nova lacuna para ídolos sim, afinal, um ídolo nasce, quando outro o apoia. E quem o apoia? Regatianos, aqueles que como diz o dicionário "pertencente ou relativo aos clubes de regata ou ao Clube de Regatas Brasil, Alagoas." Está no sangue do alagoano, as cores do Galo, está na alma de cada torcedor, o desejo de vencer e conquistar este acesso. Estamos sonhando acordados, mas se estamos sonhando, é importante alimentar este sonho e compartilhar com vocês, jogadores do CRB.

O que é a torcida do CRB?



É aquela que se une, aquela que se abraça, aquela que canta e chora,
É o sentimento guardado dentro do peito, estampado na camisa e com apenas duas cores
Sem dúvidas, ser CRB é fazer amizades com a pessoa do lado na hora do gol,
É sorrir quando se ver um resultado que já estava improvável de se reverter, acabar revertendo

Estamos unidos, por esta batalha. Se não for na técnica, será na raça!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.