Header Ads

Sampaio luta bastante, mas perde em Maceió


O Sampaio foi a Maceió enfrentar o CRB, no Estádio Rei Pelé, pela 7ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B. O time maranhense vinha de uma sequência de resultados negativos, com apenas um ponto na tabela e na lanterna da competição. Em contrapartida, o CRB vem fazendo um bom e surpreendente início de campeonato, chegando a almejar o G4.

Para essa partida, o técnico Wagner Lopes, do Sampaio, não contava com o zagueiro Luiz Otávio, com problemas musculares, e o atacante Edgar, que teve seu contrato renovado um dia antes do jogo. Na ausência do zagueiro, o treinador promoveu a estreia de Wagner Fogolari. Guilherme Santos, expulso no último jogo, abriu vaga para Rafael Estevam.

Aos 8 minutos, Lúcio Maranhão recebeu bom lançamento em profundidade de Marcos Martins na entrada da área pela direita e quase abriu o placar chutando forte com perigo. A bola passou à direita do gol defendido por Rodrigo Ramos, estreando novamente com a camisa tricolor. No minuto seguinte, o Sampaio partiu em contra-ataque. Pimentinha invadiu a área adversária e tentou fazer o lançamento invertendo à jogada para Daniel Barros que se aproximava da área, mas a bola bateu na mão de Flávio Boaventura. O juiz assinalou a penalidade e advertiu o jogador com o cartão amarelo. Léo Gago se encarregou de converter a cobrança de pênalti e abriu o placar para o Tricolor de Aço. Depois do gol sofrido, o CRB passou a atacar com mais frequência e pressionar para empatar. Aos 16’, o CRB quase igualou o marcador com Gersón Magrão, mas Rodrigo Ramos fez a defesa, espalmando a bola para a linha de fundo. O Sampaio marcava, mas aos 19’ minutos, Marcos Martins cruzou da direita e Lúcio Maranhão cabeceou para empatar a partida no Rei Pelé. O time alagoano ainda criou outra chance de gol. Após cobrança de escanteio, Flávio Boaventura ganhou no alto do marcador e cabeceou forte por cima do gol. Aos 30 minutos, Guilherme Lucena cruzou da direita e Marcos Martins tentou afastar a bola de cabeça, mas ela tomou o rumo contrário e passou perto do gol, assustando o goleiro Juliano. Próximo do término do primeiro tempo, o Sampaio ainda tentou desempatar com Léo Gago que recebeu a bola de Daniel Barros e chutou forte de fora da área. O goleiro Juliano fez uma linda defesa, mandando a bola para escanteio.

O segundo tempo iniciou com uma grande chance para o Sampaio logo no primeiro minuto. Max carregou a bola sem ser incomodado pelos defensores e chutou da entrada da área. A bola passou ao lado da trave, assustando o arqueiro do time alagoano. Aos 13 minutos, cruzamento da esquerda na área do tricolor maranhense. A bola passou por toda a defesa e sobrou nos pés de Matheus Galdezani. Sem marcação, ele chutou forte, mas Rodrigo Ramos saiu bem do gol e fez uma excelente defesa, impedindo o gol da virada. O Sampaio não conseguiu segurar o empate e aos 22 minutos, após cruzamento da esquerda, ninguém da defensiva tricolor afastou o perigo e Rodolfo, que havia entrado no lugar de Luidy, cabeceou sozinho e virou o placar para o CRB. Após o gol, o Sampaio teve uma baixa na equipe. Guilherme Lucena recebeu o segundo cartão amarelo por reclamação e foi expulso. Pouco antes do gol do time da casa, ele já havia reclamado acintosamente e recebido o primeiro cartão. Três minutos depois, Gérson Magrão, em contra-ataque, acertou um belo chute da ala esquerda, mas Rodrigo Ramos fez grande defesa. No minuto seguinte, após bate e rebate na área do time maranhense, a bola sobrou nos pés de Rodolfo que chutou em cima do goleiro do time boliviano. Mesmo com um a menos em campo, o Sampaio não se entregou ao resultado e partiu para o tudo ou nada. Willian Paulista que havia entrado no lugar de Max poderia ter aproveitado uma chance no contra-ataque, mas já dentro da área adiantou muito a bola e foi travado pelo zagueiro do CRB. Pimentinha também recebeu um belo lançamento e partiu em velocidade na lateral, fez a jogada na linha de fundo e tocou errado para trás. Se o jogador tivesse um pouco mais de calma poderia ter definido melhor a jogada. Antes do fim da partida, o treinador Wagner Lopes ainda promoveu a estreia do atacante Jean Carlos que entrou na vaga de Pimentinha. O juiz apitou o fim do jogo e decretou a 6ª derrota do Sampaio na competição e o time continua na lanterna.

O jogo iniciou com uma tímida pressão do time da casa, mas o Sampaio marcava bem e conseguia conter as ações do CRB. O primeiro tempo não teve grandes chances de gol. Mas no segundo tempo os dois times saíram mais para o jogo e criaram um pouco mais. O Sampaio dominou boa parte do segundo tempo, mas quem criou mais chances de gol e levou mais perigo foi o time da casa. Foi notória a evolução que o time maranhense apresentou nesse jogo, ajustando a marcação e saindo bem para o jogo. Se houvesse um jogador de melhor qualidade na armação poderia ter saído de Maceió com um resultado positivo ou ao menos um empate. Mesmo com pouco tempo para treinar devido ao apertado calendário, o técnico Wagner Lopes já está conseguindo fazer mudanças no time, inclusive na postura dos jogadores.

O próximo desafio da Bolívia Querida será na sexta-feira, dia 10, contra o Criciúma, no Estádio Castelão, em São Luís, às 20h30.

FICHA TÉCNICA:

Local: Estádio Rei Pelé, em Maceió (AL)
Horário: 19h15 (de Brasília)
Gols: Lúcio Maranhão, aos 19’ 1ºT e Rodolfo, aos 22’ 2ºT (CRB); Léo Gago, de pênalti, aos 10’ 1ºT (Sampaio).
Cartões amarelos: Flávio Boaventura (CRB); Diego Lorenzi, Guilherme Lucena, Rodrigo Ramos, William Paulista (Sampaio)
Cartões vermelhos: Guilherme Lucena (Sampaio)

CRB: Juliano; Marcos Martins, Adalberto, Flávio Boaventura e Diego; Olívio, Maheus Galdezani (Somália), Dakson (Elton Lira), Gerson Magrão e Luidy (Rodolfo); Lúcio Maranhão. Técnico: Mazola Júnior

SAMPAIO CORRÊA: Rodrigo Ramos; Guilherme Lucena, Wagner Fogolari, Rodrigo Arroz e Rafael Estevam; Léo Gago (Cleitinho), Renan Ribeiro, Diego Lorenzi e Daniel Barros; Pimentinha (Jean Carlos) e Max (William Paulista). Técnico: Wagner Lopes

Marcos Fernandes || Twitter: @poetafernandes
Linha de Fundo || @SiteLF

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.