Header Ads

Um empate melancólico com gosto de derrota

Em noite marcada por protestos por parte da torcida, o Vila não saiu do 0 a 0 contra o Paraná. Empate no qual custou a saída do técnico Rogéiro Mancini. Após o jogo desta sexta-feira (03) o treinador deixou o cargo a disposição e a diretoria acatou. Clube agora procura um nome para a sequência do Brasileiro.

Como torcedora nem sei o que dizer, ficamos sem palavras nessas horas. Mas tenho certeza que aquele velho filme surge na cabeça de cada torcedor, 2014 o pior time da história, rebaixado em dois campeonatos, 2015 o ano que tudo deu certo, dois acessos e dois títulos, era o começo. Em 2016, o ano para se firmar, mas foi ao contrario sem Goianão, sem Copa Verde e até agora nada na Série B, seis jogos, quatro pontos.



Mesmo com um a mais desde os 11 minutos do 1° tempo o Vila não soube se impôr em campo, o ataque até que tentou levando risco ao gol do Paraná o clube, sendo salvou pelo goleiro. Impaciente a torcida vaiava toda subida de bola lateral Jefferson Feijão. O problema não era somente dele, Roger teve chances que jamais terá novamente. Mais não era a noite do Vila Nova, a bola não entrava mesmo com a equipe tentando. Jean Carlos e Pedro Carmona esse no qual mesmo fazendo seu primeiro jogo pelo Tigrão, já mostrou potencial.


"Voltamos a ver o circo onde os palhaços somos nós". Até quando ? Hoje o clube amarga a zona de rebaixamento, onde pode até terminar a rodada na lanterna da competição. Será mesmo que ainda teremos um time que vista essa camisa, e jogue com raça é força de vontade como vimos em 2015 ? Fica a dúvida.

Não vou criticar ninguém, porque sei o quanto e difícil tirar o clube da lama. Mais que tem algo errado, isso tem. Vivemos na esperança de uma equipe melhor, de uma diretoria com compromisso e que respeite o torcedor é não o critique.

Vão continuar iludindo o torcedor, enquanto todos aceitarem. Algo precisa ser feito, a instituição revive o passado. O Vila precisa acordar, a saída do técnico pode ter sido um sinal. Será mesmo que o culpado era ele ?




Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.