Header Ads

UEFA EURO 2016 – Chegou a hora da verdade


A partir de hoje começam as semifinais da principal competição continental de seleções após a Copa do Mundo. Pais de Gales, Portugal, Alemanha e França farão duas semifinais eletrizantes e com uma perspectiva de jogos ainda mais tensos e com boas propostas ofensivas.

A primeira semifinal será disputada hoje, no Stade des Lumiere, em Lyon, entre País de Gales X Portugal, às 16 horas. O duelo marcará o encontro dos dois craques do Real Madrid, Gareth Bale X Cristiano Ronaldo, num jogo marcado pela descrença nestas duas equipes em avançar tanto na competição. Já a segunda semifinal ocorrerá amanhã, no mesmo horário e colocará em frente seleções de camisas pesadas e com história no futebol mundial. Alemanha X França farão este duelo no Stade Vélodrome, em Marseille, podendo marcar a consolidação desta geração alemã como a melhor da atualidade e recolocar a seleção francesa no hall das grandes seleções.


País de Gales vem para esta semifinal com 4 vitórias e uma única derrota para a Inglaterra na fase de grupos. Os grandes jogos da equipe foram contra a seleção da Rússia, onde goleou com autoridade em Toulouse por 3X0 e uma bela vitória contra a forte seleção da Bélgica em Lille por 3X1, de virada, com ótimas atuações de Hal Robson Kanu e Aaron Ramsey. O segundo inclusive desfalca a seleção galesa para o duelo desta semifinal, já que levou o segundo cartão amarelo no último jogo.

Portugal já entra na disputa tendo empatado todos os 5 jogos, ganhando somente da Croácia aos 115 minutos de jogo, ou seja, 10 minutos do segundo tempo da prorrogação. A atual oscilante tem colocado esta seleção em cheque, mas demonstra que a mesma teve poder de reação para avançar até esta fase, principalmente nos três últimos jogos, contra Hungria, Croácia e Polônia. O que nos resta ver é se esta seleção portuguesa demonstrará sua força esperada contra a motivada País de Gales.


A Alemanha entrou para esta competição como a favorita, após o período de confirmação da sua boa fase, onde teve o seu ápice na Copa do Mundo de 2014, no Brasil. Nesta edição da UEFA Euro, contou com algumas baixas importantes e, por isso, não vem apresentando aquele mesmo nível de futebol jogado dois anos atrás. Mas, ainda sim, a seleção teve 3 vitórias e 2 empates, com a classificação contra a Itália vindo nos pênaltis. O desfalque será por conta do zagueiro Mats Hummels, que levou o segundo cartão amarelo. O destaque continua sendo o seu meia atacante, Thomas Müller.

A França também veio como favorita por jogar em sua casa e por ter uma geração talentosíssima do meio pra frente. Mas a equipe francesa mostrou dificuldades para colocar o seu melhor jogo em campo. Foram 4 vitórias e um único empate por 0X0 contra a Suíça. Mas a equipe só convenceu na última partida, contra a Islândia após a goleada por 5X2 em Saint Dennis. O destaque da seleção é o atacante Antoine Griezmann, que é o atual artilheiro da competição com 4 gols e é a grande esperança, ao lado de Paul Pogba como os que podem decidir em uma vaga para a final.

A grande final será realizada no próximo dia 10 de julho, no Stade Parc de France, em Saint-Dennis. Palco este que, quase no mesmo dia, há 18 anos atrás, marcou o inédito titulo da seleção francesa, contra o Brasil, num jogo onde Zinedine Zidane foi decisivo e que marcou aquela talentosa geração de ouro.

Produzido pelo colunista:


Marcos Paulo || @makavista

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.