Header Ads

Se não é sofrido...

Depois de um empate frustrante diante do Pescara, o Napoli desencantou contra o Milan em um bela partida com alguns erros de arbitragem. Sarri novamente mandou o básico 4-3-3 com a estreia de Milik e o descarte de Insigne, substituído por Mertens que, mais uma vez, fez a diferença no jogo.

Falando da partida, o Milan começou até melhor com uma chance clara, mas como sempre o time de Nápoles botou a bola no chão e trocou muitos passes. Com isso, aos 18 minutos, o atacante polaco pegou o rebote de uma bela jogada do belga Mertens e abriu o placar. O momento era napolitano e isso se confirmou com o segundo gol de Milik na assistência de Callejon, e o primeiro tempo acabou assim.


O segundo tempo... não, pera. O que começou realmente foi o apagão do clube de Nápolis, já que a equipe levou dois gols em quatro minutos. Depois das luzes se acenderem, o time napolitano botou a bola no chão e mais uma vez trocou passes. Em mais uma jogada do ponta esquerda belga, Callejon pegou o rebote e colocou o Napoli na frente de novo.

Desta vez, o apagão foi do adversário, que acabou tendo dois jogadores expulsos por bobagem. Já no final do jogo, em um erro muito lamentável da arbitragem, Romangnoli tirou a bola com a mão quando ela estava praticamente dentro das redes. Para variar, Calleti empurrou para o gol e terminou a partida com números excelentes, dois gols e uma assistência. 

A próxima partida do Napoli é fora de casa contra o Palermo, no Estádio La Favorita (11/09), às 12h (horário de Brasília).

apesar de tudo Forza Napoli Sempre!

@gabrielcec__

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.