Header Ads

Choque de realidade

Na abertura da 5ª rodada da Premier League, Antonio Conte teve seu primeiro desafio de fogo no comando do Chelsea, tendo como adversário o Liverpool de Jurgen Klopp. E o resultado não foi nada satisfatório. Contando com a estreia de David Luiz, os Blues tiveram uma atuação defensiva terrível, cominando na queda da invencibilidade na competição.

Com menos de 10 minutos de jogo, o domínio do Liverpool já era visível, tocava a bola no campo de ataque e não deixava o time da casa passar do meio campo, imprimindo um ritmo de jogo com muita velocidade e movimentação. Após falta infantil de Ivanovic, Coutinho cruzou e Lovren abriu o placar para os Reds, aos 17 minutos.

Courtois tenta, mas nada pode fazer para salvar a pintura de Henderson. Fonte:The Guardian
Mesmo depois de sofrer o gol, os Blues não acordaram, a superioridade dos visitantes era impressionante e não demorou para a vantagem ser ampliada. Aos 35', Cahill cortou e a bola sobrou para Henderson acertar um chute colocado, no ângulo e sem chance alguma para Courtois.

O domínio do time comandado por Jurgen Klopp no primeiro tempo foi espetacular, os Blues não viram a cor da bola, no segundo tempo os visitantes esperavam um pouco o Chelsea para ter o contra-ataque a sua disposição, só não contavam com uma linda jogada de Matic, que recebeu e levou a linha de fundo para cruzar e Diego Costa diminuir.

O gol do Chelsea era o estopim que os Blues precisavam para buscar uma reação,  mas quem chegou perto do gol foi Origi, que cabeceou e Courtois salvou. O resto do jogo foi com o Liverpool administrando co tranquilidade à partida, sem correr qualquer tipo de risco, e sua segunda vitória fora de casa garantida.

David Luiz, em sua estreia, após dividida com Mane. Fonte:Chelsea.com
Com à derrota, os azuis estacionaram nos 10 pontos, além de ver o próprio Liverpool encostar com os mesmos 10 pontos. A atuação foi muito abaixo do esperado, o Chelsea durante quase todo o jogo foi amplamente dominado, sendo que em algumas vezes sem esboçar reação e muitas vezes faltou criatividade ao time. E aí está uma crítica nesse inicio de trabalho do italiano, Fàbregas tem tido poucos minutos, entrando apenas aos 38 minutos do segundo tempo e sem duvida Conte tem explicações a dar.

O próximo compromisso é mais um clássico, Arsenal no Emirates, tendo antes o Leicester pela Copa da Liga, veremos se o time terá alguma evolução.

Por: Gabriel || Twitter: @Gabridosanto / @SiteLF / @PLBrasil_LF

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.