Header Ads

Mostra tua força, Brasil

Pouco menos de 2 semanas após o inédito ouro olímpico, o Brasil volta a campo hoje, às 18h00min, para enfrentar o Equador em partida válida pelas eliminatórias sul-americanas para a próxima Copa do Mundo, que acontecerá em 2018 na Rússia. Essa partida terá um toque especial pelas estreias de Tite no comando técnico, de alguns atletas que eram pedidos por boa parte dos brasileiros, pela redenção do futebol da Seleção e, claro, pela freguesia que do Equador. Em 14 confrontos entre os países, o Brasil venceu 12 e empatou 2 vezes, marcando 52 gols e sofrendo apenas 11.

Novo treinador da Seleção, Tite, respondendo às perguntas na coleitva de imprensa.
Foto: Edgard Maciel de Sá/Globo Esporte
Sob o comando do técnico Dunga, a Seleção brasileira parecia se perder cada vez mais, colecionando vexames. Após a chegada do ex-comandante, que foi contratado para tentar ultrapassar a questão "7x1", o Brasil foi eliminado nas quartas de final para o Paraguai na Copa América de 2015 e na fase de grupos na Copa América Centenário - em um grupo fraquíssimo com Peru, Equador e Haiti -, além de deixar a maior Seleção do mundo na 6ª colocação das eliminatórias com apenas 9 pontos em 6 partidas disputadas - o que é inaceitável para a Seleção brasileira.

Walace, Gabriel Jesus, Neymar, Gabriel Barbosa e Rafinha comemorando o inédito Ouro Olímpico do Brasil na Rio 2016.
Foto: Lucas Figueiredo/MowaPress

Após a demissão de Dunga, o nome escolhido para levar o Brasil de volta ao seu devido lugar foi Tite. Próximo ao início dos jogos olímpicos, Tite foi anunciado como novo treinador da Seleção, tinha a chance de comandar a Amarelinha já nos jogos Rio 2016, mas preferiu deixar nas mãos de Micale e só acompanhar os treinos. O resultado disso foi o inédito ouro olímpico invicto. Tite foi unanimidade para ser o novo treinador da Seleção e irá fazer seu primeiro jogo hoje. A expectativa é que ele traga de volta a verdadeira Seleção brasileira, acostumada a vencer tudo e todos. Boa sorte ao Tite e à Amarelinha.

CONVOCAÇÃO:


  • Goleiros: Marcelo Grohe, Weverton e Alisson Becker;
  • Zagueiros: Miranda, Geromel, Marquinhos e Gil;
  • Laterais: Daniel Alves, Filipe Luís, Marcelo e Fágner;
  • Meio-campistas: Casemiro, Rafael Carioca, Renato Augusto, Philippe Coutinho, Paulinho, Taison, Giuliano, Willian e Lucas Lima;
  • Atacantes: Neymar, Gabriel Jesus e Gabriel Barbosa (Gabigol). 

LEO FERNANDES || @leo_fernandes_9
LINHA DE FUNDO || @SiteLF

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.