Header Ads

Botafogo vence com gol nos acréscimos e cola no G6

Botafogo e Figueirense enfrentaram-se na tarde deste domingo (9), em jogo válido pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro, no Orlando Scarpelli. Com gol do contestado Bruno Silva, aos 46 minutos do segundo tempo, o Glorioso chegou aos 44 pontos na competição e ocupa agora a sétima posição na tabela de classificação. O Alvinegro volta a entrar em campo na próxima quarta-feira (12), feriado, na Arena Botafogo, diante do Internacional. 

O JOGO

O primeiro tempo foi sofrível. Figueirense e Botafogo abusavam dos passes errados. O time catarinense tinha maior posse de bola, no entanto, não conseguia criar oportunidades, uma vez que o Glorioso marcava forte. A chance mais perigosa aconteceu somente aos 42 minutos, e foi do time visitante. Após cobrança de escanteio, a zaga do Figueirense não conseguiu afastar a bola, que ficou quicando na área. Vinicius Tanque, meio desequilibrado, finalizou forte e mandou por cima do gol, mas com perigo. Foi de fato o melhor momento da partida na etapa inicial, que chegou ao fim aos 47'. 

O segundo tempo foi o oposto. Figueirense e Botafogo melhoraram e passaram a criar mais oportunidades de gol, algumas com bastante perigo. Já aos 3 minutos, por exemplo, Rafael Moura desviou de cabeça, a bola bateu no defensor e saiu pela linha de fundo. No minuto seguinte, após cruzamento na área, Rafael Moura novamente, desviou de cabeça e mandou perto do gol. Mais pressão do Figueira, dessa vez, aos 14'. Após escanteio, a bola foi desviada e sobrou limpa para He-Man (sempre ele). Sidão, já batido no lance, nada poderia fazer. O goleiro viu o atacante desperdiçar excelente oportunidade de gol quando pegou mal na bola e finalizou para fora, rente à trave. Foi um daqueles chamados gols feitos. Aos 18 minutos, Jair Ventura promoveu, de uma só vez, duas alterações no Botafogo. Neilton e Vinicius Tanque foram substituídos por Rodrigo Pimpão e Sassá, respectivamente. Um minuto depois, rolou indecisão entre Joel Carli e Sidão e Rafael Moura, atento, quase roubou a bola. O goleiro, no entanto, foi mais rápido e evitou o gol. Aos 20', Camilo escorou para Sassá, que girou e finalizou por cima do gol. Aos 29 minutos, Alemão, de fora da área, soltou uma bomba. O goleiro Gatito Fernández defendeu e mandou para escanteio. Chegou bem o Glorioso. Aos 35', Ayrton cruzou e Rafael Moura e Rafael Silva, livres na pequena área, não conseguiram acertar a bola, que foi direto para fora. Aos 41 minutos, Rodrigo Lindoso foi substituído por Dudu Cearense. Instantes depois, Sassá perdeu gol incrível. Camilo, pela direita, tocou para Rodrigo Pimpão, que cruzou na pequena área para Sassá. O goleiro do Figueira, porém, fechou o ângulo e salvou com os pés. Mas aos 46', não teve jeito. Dudu Cearense fez lançamento espetacular para Rodrigo Pimpão, que de primeira cruzou para Bruno Silva. O meia pegou bem na bola e marcou o gol da vitória. Aos 48', o árbitro encerrou a partida. Que vitória! 

Bruno Silva marcou o gol do triunfo (Foto: Cristiano Andujar/AGIF/ Lancepress!)
OBSERVAÇÕES

O Botafogo derrotou o Figueirense fora de casa com gol do contestado Bruno Silva nos acréscimos. Inimaginável. 

O Glorioso tem a melhor defesa do returno: apenas três gols sofridos em 10 jogos. Além disso, são sete vitórias em 10 partidas. 

Brilhou a estrela de Jair Ventura, que no segundo tempo, colocou Rodrigo Pimpão e Dudu Cearense na partida. Os dois participaram do gol da vitória. 

QUARTA-FEIRA, FERIADO, TEM BOTAFOGO X INTERNACIONAL NA ARENA BOTAFOGO, ÀS 21H45! COM INGRESSOS PROMOCIONAIS, É PROMESSA DE CASA CHEIA! 

FICHA DO JOGO

Figueirense 0
Gatito Fernández, Ayrton, Bruno Alves, Werley, Pará; Renato (Ortega), Josa, Elvis (Everton Santos), Dodô; Lins (Rafael Silva), Rafael Moura. Técnico: Marquinhos Santos. 

Botafogo 1
Sidão, Alemão, Joel Carli, Emerson Santos, Victor Luis; Airton, Bruno Silva, Rodrigo Lindoso (Dudu Cearense), Camilo; Neilton (Rodrigo Pimpão), Vinicius Tanque (Sassá). Técnico: Jair Ventura.

Estádio: Orlando Scarpelli (SC). 
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio. 
Assistentes: Bruno Raphael Pires e Fabiano da Silva Ramires. 
Gol:  Bruno Silva (46' do 2º T). 
Cartões amarelos: Josa e Rafael Silva (Figueirense); Bruno Silva e Rodrigo Lindoso (Botafogo). 
Público: 12.981. 
Renda: R$ 172.575,00. 

Por: Gabriel De Luca (@biel_dluca)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.