Header Ads

Desabafo de uma são-paulina: Ainda há esperança?

Resultado de imagem para são paulo fc

Toda vez me perguntam "o que aconteceu com o São Paulo?" e fico sempre com a mesma cara, sem reação, sem saber o que responder. A eliminação da Libertadores, a ida de Bauza, a ida de Ganso e Calleri, incompetência da diretoria, Ricardo Gomes, jogadores, qual seria o principal problema?

São Paulo iludiu todos seus torcedores ao chegar onde chegou na Libertadores, mas mesmo com a eliminação, os torcedores acreditavam que o Tricolor seria um time para disputar o G4, ou até mesmo o título. Doce ilusão... A decadência do time foi muitos meses explicada pela saída inesperada de Bauza, todavia a ida de Ganso e Calleri já eram esperadas - no caso do argentino era certa - e mesmo assim, também era usado de desculpa. Não havia (não há) jogador no elenco com o mesmo potencial que Paulo Henrique  Ganso, houve tentativas frustradas de tentar colocar Michel Bastos em seu lugar, porém com a chegada de Cueva, Chávez e Buffarini as coisas pareciam que iam se acertar, até Ricardo Gomes dar o seu toque de estraga prazer na escalação. A coisa se complicou ainda mais após nosso amado técnico ir com 3 volantes contra o Juventude pelas oitavas da Copa do Brasil jogando em casa e perder de 2 a 1 - sendo eliminado em Caxias, com o resultado favorável de 1 a 0. E se você acha que isso é falta de contratar jogadores, vamos a lista dos últimos jogadores contratados nesse ano: Cueva (meia), Chávez (atacante), Buffarini (lateral), Gilberto (atacante), Robson (atacante), Douglas (zagueiro) e Jean Carlos (meia), além de subir Lucas Fernandes (meia), Luiz Araújo (atacante), David Neres (atacante) e Pedro (atacante). Incrivelmente a maioria dos jogadores contratados são do setor mais carente: ataque. E mais incrível ainda é que continua sendo extremamente carente. Em números são 61 jogos, sendo eles: 21 vitórias, 17 empates, 23 derrotas. Saldo de gols são: 5  com 69 gols marcados e 64 gols sofridos, São Paulo tem um o terceiro pior ataque do Brasileirão, ficando na frente apenas de América e Figueirense. 

Hoje em dia a atual situação é preocupante. Com 36 pontos, São Paulo está em 14º há 3 pontos do Z4, faltando apenas 8 rodadas. . E a cada jogo, a preocupação só aumenta. Nessa última partida contra o Santos (13/10), São Paulo foi superior todo 1º tempo, mas no início do 2º tomou o gol e apagou em campo. Seria normal se os atacantes não tivessem perdidos gols imperdíveis - e isso se repete em todo jogo. Os últimos treinos estão sendo de portões fechados, todavia não estamos vendo nenhum resultado em campo. Passes errados, muito erro na finalização, cobranças de faltas e escanteios nojentos, agem como se não tivessem treinado uma vez sequer. A novela de manter ou não Ricardo Gomes acabou após a partida contra o Santos, quando Leco (presidente do São Paulo) disse que vai manter o técnico até o final da temporada.

O fato é, os próximos jogos do São Paulo são: Fluminense (F); Ponte Preta (C); América-MG (F); Corinthians (C); Grêmio (C); Chapecoense (F); Atlético-MG (F) e Santa Cruz (C). Não é uma sequência de jogos fáceis, entretanto é mais fácil que seus adversários no fim da tabela. A real situação é clara, escapar do rebaixamento o mais rápido possível, sem pensar em G6, para isso o time terá que se firmar, principalmente no meio-ataque e os torcedores... Bom, nós temos que fazer o mesmo que fizemos na última partida contra o Santos, lotar o estádio, apoiar até o apito final e cobrar após. Apoiar, cobrar e rezar para que os jogadores deem seu melhor e para que Ricardo Gomes acerte pelo menos uma escalação. Somos todos juntos por uma só causa, um só amor, São Paulo FC! Nunca, em hipótese alguma, desacredite desse time.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.