Header Ads

Fogão faz a quina e segue firme no G5

Pimpão foi decisivo (Foto: FutRio)

Em ótima fase, o Botafogo visitou o quase rebaixado Santa Cruz em jogo válido pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro. E como de costume, venceu com gol no fim. Rodrigo Pimpão marcou o único gol da partida, que deixou o Glorioso vivo na briga pela Libertadores, na quinta posição, com 53 pontos. O Alvinegro agora terá mais de uma semana para descansar, pois só volta a jogar no sábado (29), contra o Coritiba, em casa, diante de sua torcida. 

O JOGO

O primeiro tempo foi, até certo ponto, equilibrado. As duas equipes não criavam tantas chances que pudessem representar perigo de gol. Santa e Botafogo pareciam cautelosos. O time mandante começou melhor, tentando chegar mais na área alvinegra. O Botafogo, por volta dos 20 minutos, cresceu na partida. Aos 22', por exemplo, Neilton recebeu na meia lua e arriscou. O goleiro Tiago Cardoso defendeu com tranquilidade. No minuto seguinte, Bruno Silva invadiu a área e caiu após choque com João Paulo. Pênalti claro, que no entanto, foi ignorado pela arbitragem. Aos 41', o Santa assustou. Keno cruzou e Carli desviou para trás. Por pouco Bruno Moraes não alcançou. Aos 48', o primeiro tempo chegou ao fim.

O Glorioso voltou com o mesmo time para o segundo tempo. E logo aos 2', quase abriu o placar. Camilo cobrou dois escanteios seguidos. Joel Carli e Dudu Cearense, ambos de cabeça, por pouco não marcaram. Aos 8', Camilo novamente cobrou escanteio. Dessa vez, o zagueiro Emerson Santos subiu livre e cabeceou, tirando tinta da trave do Santa. Aos 11', Bruno Moraes recebeu lançamento  e bateu de primeira. A bola estufou a rede pelo lado de fora. Aos 14', Jair Ventura tirou Dudu Cearense e colocou o artilheiro Sassá em campo. Aos 17 minutos, em cobrança de falta, João Paulo bateu colocado e obrigou Sidão a fazer bonita defesa. Aos 19', Camilo aproveitou bobeira do adversário, que saiu errado e serviu Pimpão, que chutou à direita do gol de Tiago Cardoso, desperdiçando excelente oportunidade. Aos 24 minutos, Neilton invadiu a área e bateu colocado. A bola passou muito perto do gol, raspando a trave. Seria um golaço. Aos 30', Sassá recebeu belo passe de Neilton. Ele saiu na cara do goleiro e tentou marcar de cavadinha. Tiago Cardoso espalmou e evitou o gol. Na sequência, Yaca entrou no lugar de Victor Luis. Quatro minutos depois, foi a vez de Neilton ser substituído. O jovem Leandrinho entrou no jogo. Aos 39', Pimpão lançou Sassá, que chegou para bater de prima. No entanto, Roberto chegou na hora e travou a jogada. Aos 41 minutos, o Alvinegro finalmente abriu o placar. Alemão cruzou da esquerda e Rodrigo Pimpão, esperto, ganhou de Léo Moura e cabeceou para o fundo das redes. Botafogo 1 a 0. Já nos acréscimos, o árbitro marcou falta inexistente a favor do Santa. Na cobrança, João Paulo acertou a trave. Aos 49', o jogo terminou. Ufa! 

OBSERVAÇÕES

Mais uma vitória com gol no fim. Estamos acostumando.

Alemão novamente fez cruzamento excepcional. Contra o Galo, foi a mesma coisa. Merece ficar no Botafogo. 

Que zagueiraço é Joel Carli! 

FICHA DO JOGO 

Santa Cruz 0
Tiago Cardoso, Léo Moura, Luan Peres, Danny Morais, Roberto; Uillian Correia (Mazinho), Derley (Jadson), João Paulo; Marion (Arthur), Keno, Bruno Moraes. Técnico: Doriva. 

Botafogo 1
Sidão, Alemão, Joel Carli, Emerson Santos, Victor Luis (Gervasio Nuñez); Dudu Cearense (Sassá), Rodrigo Lindoso, Bruno Silva, Camilo; Neilton (Leandrinho), Rodrigo Pimpão. Técnico: Jair Ventura.  

Estádio: Arruda (PE). 
Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC). 
Assistentes: Neuza Ines Back (SC) e Alex dos Santos (SC). 
Gol: Rodrigo Pimpão (42' do 2º T). 
Cartões amarelos: Joel Carli e Emerson Santos (Botafogo). 
Público: 3.480.
Renda: R$ 24.460,00. 

Por: Gabriel De Luca (@Biel_dluca)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.