Header Ads

O que acontece, Corinthians?

Timão saiu de campo frustrado, após empate com a Chapecoense na Arena e ficou fora do G6.

Foto: Site Oficial do Corinthians
Após o empate na rodada passada diante do Flamengo no Maracanã, que surpreendeu os Corintianos, na rodada seguinte jogando em casa, o rendimento não foi o mesmo, apresentou um rendimento apático, irritando bastante a todos. Esse jogo me lembrou de bastante da partida contra o Botafogo-RJ (na ocasião, perdemos de 3 a 1) onde o Corinthians esteve perdido em campo e mal conseguia dar três toques na bola.

A proposta da equipe visitante era de surpreender o Timão, não deixando jogar. E conseguiram, pois na primeira etapa, as melhores chances de gols foram deles, e na posse de bola também, pra variar estava me dando sono esse jogo, nada de tão emocionante. No meu ver, a ideia da Chapecoense foi a seguinte: Começar marcando intensamente, e se aproveitar dos erros e contra-atacar, porém eles cansaram e no segundo tempo, foi um pouco mais fácil de trabalhar a bola.

E o segundo tempo? Mudou? Não, não mudou nada. Ah, tá bom vai, deu uma leve melhorada, mas bem leve. Como disse antes, aos poucos conseguiu trabalhar mais a bola, teve mais liberdade para armar jogadas e arriscar. O técnico Oswaldo Oliveira resolveu ousar e testar Rildo no lugar de Marlone que não fez uma boa partida, e surtiu até um efeito, o time ficou mais ofensivo e aos 28 minutos, na entrada da área, Rildo sofreu uma falta, marcando o pênalti indiscutível, e convertido pelo Giovanni Augusto, que bateu no canto direito abrindo o placar para o Timão.                     

Após o gol, o time do Corinthians se animou e por algumas vezes quase ampliou, mas foi só. Até que praticamente dez minutos depois, pela segunda vez nesse campeonato, a jovem promessa Pedro Henrique cometer a penalidade que também foi convertida por Bruno Rangel. Basicamente não aconteceu mais nenhum lance espantoso para as duas equipes. Parece que se acomodaram e ficaram mais tocando bola do que ir pra cima. Com o resultado o timão saiu do G6, e atualmente está na 7ª posição com 50 pontos.

Vale ressaltar, três pontos importantes depois desse jogo: Primeiramente, o Corinthians quer mesmo G6? O time atual é competitivo, é nível de disputar e ser um dos candidatados a vencer a Libertadores do próximo ano? Porque no meu ver, se jogar esse futebol limitado e oscilante que está jogando, é melhor nem se classificar. Porém, na situação que o Corinthians está é essencial e importante que se classifique, mas para isso terá que se reforçar, e bem. Segundo, se especulou tanto sobre essa semana "vaga" para Oswaldo treinar bem a equipe, e chega ao sábado apresentar um futebol desse?! Não da né! Posso estar equivocado, mas Oswaldo com menos tempo, conseguiu fazer a equipe apresentar uma melhora do que nesta rodada, enfim, o que nos resta é aguardar.

E por último, não menos importante, vale lembrar também o protesto realizado na Arena Corinthians pela maioria dos torcedores presentes aos 31 minutos em razão a alguns torcedores inocentes que foram presos injustamente no Rio de Janeiro, especialmente o de André Tavares, que segundo amigos se quer estava presente na briga contra os policiais no Maracanã, conforme a imagem abaixo.

Torcedores do Corinthians protestam com faixas, pedindo à liberdade de André Tavares.
O próximo jogo é decisivo, é clássico, se o Corinthians quer mesmo a vaga na Libertadores de 2017, tem que voltar à vencer logo e já no próximo sábado, contra o São Paulo no Estádio do Morumbi, às 19h30.

Vai, Corinthians!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.