Header Ads

Ceará vence o Tupi e assume a 8ª colocação

Em um jogo morno, Ceará vence o Tupi por 2 a 1 e ganha uma posição na tabela de classificação.
Atacante Lelê, mais uma vez marcou. FOTO: Thiago Gadelha 
No ultimo sábado, Ceará e Tupi se enfrentaram na Arena Castelão, enquanto o Ceará ainda sonha com o acesso, o galo carijó luta para sair da zona de rebaixamento. Logo no inicio da partida, o alvinegro cearense abriu o marcador, apos um chutaço de Felipe Menezes que carimbou o travessão, Bill pegou o rebote e marcou.

Depois do gol o Ceará continuava com mais posse de bola e cercava a área do adversário, porem sem objetividade. Com o jogo morno, o Tupi criou a sua principal e unica chance de perigo na primeira etapa, aos 36 minutos Jonathan chutou forte, mas Éverson evitou o que seria o empate do time mineiro. O susto serviu pra algo, logo em seguida aos 39, Eduardo cruzou e Lele se antecipou a Bill (estava em posição de impedimento) e a marcação e conferiu o segundo gol do Vozão.

Jogadores comemoram o segundo gol do Ceará. FOTO: GloboEsporte.com
Com a vantagem no placar, Sérgio Soares tirou Felipe (jogador durante a semana não havia treinado por conta de uma virose) e colocou Serginho no jogo. Foi dele a primeira oportunidade do Vozão no segundo tempo, em um rápido contra-ataque chutou e a bola por cima do gol. Aos 17, Rafael Costa que tinha acabado entrar na vaga de Bill perdeu outra boa chance, o camisa 9 do Ceará bateu forte, o goleiro bateu roupa e a bola passou tirando tinta da trave.

Após o gol perdido Rafael Costa recebeu um bom cruzamento de Eduardo, mas preferiu servir Serginho, que não foi tão rápido quanto o goleiro Rafael Santos que saiu bem da meta e evitou o terceiro gol alvinegro. Aos 29 minutos, mesmo sendo mais incisivo que o adversário o Ceará levou um gol, esse marcado por Hiroshi, que livre de marcação entrou na área e balançou as redes. Nos minutos finais o Tupi até tentou pressionar, mas a defesa cearense conseguiu segurar a pressão.

Não foi um primor de partida, bem longe disso, o Ceará fez um gol cedo e preferiu levar o jogo no ''banho -maria'', mas valeu pelos três pontos, chegamos aos 50 pontos na competição e ainda temos uma chance (mesmo que remota) de acesso. Para o treinador Sérgio Soares, o próximo jogo é vital, a vitória pode fazer o Vovô almejar algo que parece bem improvável e se perder é voltar os pensamentos para 2017.

Restam 4 partidas para o Ceará na série B, duas em casa (Vila Nova e Paraná) e duas fora (Criciúma e Vasco), o próximo compromisso será diante do Criciúma na próxima terça feira (08), as 19:15 (18:15 horário de Fortaleza) no estádio Heriberto Hulse.

FICHA TÉCNICA

CEARÁ 2 X 1 TUPI/MG

CEARÁ - Éverson; Tiago Cametá, Ewerton Páscoa, Charles e Eduardo; Richardson (Raul Silva), Felipe Menezes, Felipe (Serginho) e Wescley; Lelê e Bill (Rafael Costa). Técnico: Sérgio Soares.
TUPI - Rafael Santos; Douglas (Henrique), Gabriel Santos, Bruno Costa e Luiz Paulo; Recife, Renan Teixeira, Vinícius Kiss (Ygor) e Hiroshi; Jonathan (Sávio) e Giancarlo. Técnico: Ricardinho.
GOLS - Bill, aos 8, e Lelê, aos 39 minutos do primeiro tempo; Hiroshi, aos 29 do segundo tempo.
ÁRBITRO - Devarly Lira do Rosário (ES).
CARTÃO AMARELO - Richardson (Ceará).
RENDA - R$ 18.960,00.
PÚBLICO - 3.751 pagantes.
LOCAL - Arena Castelão, em Fortaleza (CE).
Davi Maia || @davims


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.