Header Ads

Em jogo difícil, Náutico bate Goias e depende só de si para o acesso

Na noite desta terça feira (08/11) o Náutico recebeu o Goiás na Arena Pernambuco em jogo válido pela 35° rodada do Campeonato Brasileiro desta Série B.

No começo do jogo, o time anfitrião sentindo a necessidade da vitória para entrar no grupo de acesso a elite, foi pra cima do Goiás, mas pouco assustou, errando muitos passes e muito afobado. No restante do primeiro tempo a equipe esmeraldina melhorou e conseguiu equilibrar a partida, a equipe do Goiás apresentou um melhor futebol em relação ao Náutico na primeira etapa. O sistema ofensivo alvirrubro foi ineficaz, Marco Antônio não estava apresentando um bom futebol, e logo depois foi substituído, Vinicius que é a outra cabeça pensante no meio campo do Náutico estava errando bastante, assim dando pouca amplitude para os atacantes, atacantes esses que também pouco apareceram no primeiro tempo. Roni como sempre correndo muito, mas correndo errado, e o falso homem de área, Bergson, se movimentou muito, mas não teve nenhuma chance concreta e pouco fez no jogo, assim dando lugar ao seu companheiro Tiago Adam na segunda etapa.

Foto: PE futebol clube
No segundo tempo, o Náutico sabendo que precisava da vitória voltou com outra atitude, o time pressionou o Goiás e quase saiu na frente após uma linda bicicleta do atacante Roni no meio da segunda etapa, o goleiro Márcio, do Goiás, executou uma linda defesa. Enquanto isso a defesa se segurava lá atrás com Rafael Pereira e Igor Rabello que fizeram mais uma bela atuação dando consistência ao miolo de zaga alvirrubro, entretanto não tiveram sossego em nenhum minuto, principalmente pelo atacante Walter, que ainda sim com uns kilinhos a mais foi eleito o melhor jogador da partida. Jogando mais recuado como de costume participou de praticamente todas as jogadas ofensivas do time alviverde, distribuiu muito bem o jogo, fez diversos lançamentos e ainda acertou uma bola na trave no final do jogo. Pelo lado esquerdo Gastón Filgueira teve muito trabalho com as investidas do ala direito do Goiás, Suelinton.

Foto: GE
O iluminado

Após 65 dias inativo por conta de uma lesão, aos 26' do 2° Tempo, Maylson, até então titular da equipe antes de sua contusão, voltou a jogar pelo Náutico, em uma bela jogada individual o meio campista alvirrubro driblou os zagueiros na entrada da área e finalizou no cantinho, marcando o único gol do jogo e assim consequentemente sacramentando a vitória do Náutico.

Maylson retorna em grande estilo. Foto: GE
Agora a equipe do Náutico viaja para Santa Catarina, sábado a equipe pernambucana tem uma decisão pela frente. Avaí e Náutico que se enfrentam, brigam diretamente por uma vaga no grupo de acesso a elite, se o Náutico vencer assume o lugar da equipe catarinense no G4, em contrapartida, se o Avaí vencer, abrirá cinco pontos de vantagem em relação a equipe pernambucana.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.