Header Ads

Jogando de forma pragmática, Lyon vence o Lille e encosta nos líderes

Na última sexta-feira (18), Lille e Lyon fizeram um confronto de opostos pela 13° rodada da Ligue 1. Enquanto o Lille briga contra a queda, o Lyon almeja o título.

O gol de Cornet foi muito comemorado por seus companheiros. (Imagem: L'Equipe).


Logo no início da partida, aos 3' minutos, em uma falha grotesca da defesa do Lille, Tolisso deixou Ferri na cara do gol, que rolou pra Cornet chutar e fazer. Lille 0-1 Lyon.



O gol relâmpago ajudou o Lyon a se impôr e dominar as ações no meio campo. 


O técnico Bruno Génésio fez outra mudança tática na equipe: do 4-3-3 foi para o 4-1-4-1, por necessidade. Para essa partida, o Lyon tinha os desfalques de Jallet e Fekir.


Pelos primeiros 20 minutos do Lyon na partida, dava a impressão de que seria uma goleada. O time tinha o controle do jogo, levava perigo ao adversário e concedia poucas chances. Partida impecável até então.


Em meados do primeiro tempo, o Lyon relaxou e deixou o Lille crescer, mesmo sem incomodar com jogadas trabalhadas, o time da casa assustava o Lyon nas bolas paradas.


No segundo tempo, o panorama que se apresentou no fim da etapa anterior continuou. Era um jogo sem muitas oportunidades, prevaleceu o pragmatismo do Lyon e a falta de qualidade do Lille.


O time da casa fazia muitas faltas na tentativa de recuperar a bola. Foram 20 infrações cometidas pelo Lille, enquanto o Lyon fez apenas 7.


E aos 52' minutos, o volante Sankhare, levou o segundo amarelo e foi pro chuveiro mais cedo. O jogador de 26 anos entrou de forma temerária em Lacazette e deixou o Lille com um a menos.




Rybus vem fazendo uma boa temporada e foi jogador que mais sofreu faltas no jogo. (Imagem: L'Equipe)

A superioridade numérica do Lyon não se transformou em chances de gol e terminou assim mesmo. Lille 0-1 Lyon.


Com a vitória, o Lyon subiu três posições e foi para a quarta colocação, com 22 pontos. O próximo jogo do time na Ligue 1 será contra o PSG, no Parc OL. Para essa partida, o time contará com as voltas de Nabil Fekir, Jallet e Grenier. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.