Header Ads

Lichi marca aos 92, Benfica empata o clássico e segue invicto

Lizandro Lopez comemorando seu gol (Fotos: Global Images)


O Benfica manteve a invencibilidade no Campeonato Português ao empatar com o FC Porto, no clássico jogado no estádio do Dragão pelo placar de 1 a 1. O empate benfiquista aconteceu num gol marcado pelo zagueiro argentino Lisandro Lopez, o tento saiu ao minuto 92, o gol portista foi marcado por Diogo Jota.

O jogo entre Porto e Benfica é considerado o maior clássico do futebol português, com os dois maiores emblemas do futebol luso, com maior quantidade de títulos e de torcedores. Ao total 78 títulos para o Benfica e 74 para o Porto. O jogo de hoje, além da importância histórica por ser "o clássico" era de suma importância para pretensão dos dois clubes, o Benfica para se distanciar ainda mais do Porto, vice-líder e do Porto, para fazer cair a diferença de 5, para 2 pontos.

O JOGO

O jogo começou de forma intensa, o time da casa começou pressionando o Benfica e durante grande parte da primeira metade, se o Benfica não tivesse Ederson, seria vazado ainda na primeira etapa. O goleiro brasileiro foi excepcional na sua atuação no primeiro tempo, travando e defendendo todas as bolas que iam na baliza encarnada. Logo aos 15 minutos, o primeiro problema, ou seria solução? Luisão sentiu uma dor no joelho direito e teve que sair, para a entrada do iluminado Lisandro Lopez,



Após o susto inicial o Benfica conseguiu equilibrar as ações na primeira parte e começou a criar jogadas, da metade para o fim do primeiro tempo. o controle do jogo era benfiquista, com até uma bola na trave, num cabeceio de Lindelof, desviado por Felipe. Intervalo de jogo, 0 a 0.

Na segunda etapa, o ritmo começou intenso novamente, e de novo com o Porto a querer as ações iniciais do jogo, até que fizeram o gol, Mitroglou perdeu a bola de forma ridícula no campo ofensivo, em rápido contra ataque, Corona encontrou Diogo Jota que fintou Nelson Semedo, que não soube efetuar uma boa marcação e fez o gol portista.

A partir dali, o Porto cozinhava o Benfica, mas conforme o tempo passava o Benfica buscava mais o jogo, enquanto os portistas pareciam querer rapidamente que o jogo acabasse. Entraram no Benfica, Raul Jimenez e André Horta, que deram mais mobilidade ao meio campo vermelho, enquanto o Porto retirou os seus melhores jogadores e recuou o time. Porém o Benfica estava nervoso, muito também por que o árbitro dava todas as faltas para o Porto e não marcava quase nenhuma para o SLB.

Lindelof, Raul Jimenez e Lizandro a comemorar o gol de empate


Já passava dos 90, aos 91 Herrera cedeu um escanteio de graça para o Glorioso. Aos 92 Pizzi cobrou curto para André Horta, que levantou na área e Lisandro Lopez de cabeça empatou a partida. Calando o estádio do Dragão, que já fazia cânticos e cantava vitória antes da hora. A mística benfiquista não esmurece e o Benfica segue invicto. E o karma finalmente agora está do nosso lado, nós que há três épocas sofremos um gol que nos valeu o campeonato, em nossa casa no minuto 92, justamente contra o Porto... agora finalmente pudemos nos livrar. CARREGA BENFICA

Está exorcizado o minuto 92, e antes que eu me esqueça. Benfica segue líder e invicto


  

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.