Header Ads

O falso empate entre Milan e Inter

Milan e Inter, protagonizaram mais um capítulo do maior clássico de clubes da mesma cidade do Mundo neste domingo (20), pela XYZ rodada do Campeonato Italiano. Como de costume, show da Curva Nord (organizada da Inter) e da Curva Sud (Organizada do Milan), com seus mosaicos tradicionais nos dias de clássicos.
Esse foi o último Derby de Sílvio Berlusconi, maior presidente da história do Milan. (Via:@SportsPremium)

Sobre o jogo, o mesmo do que nunca deixou de ser. Clima pesado, torcidas acaloradas, e muita entrega em campo, pelas duas partes. A Inter tomou conta da primeira etapa, com chegadas pelos lados, com Candreva forçando o jogo pelo lado de Abate, o nerazzurri, levando a melhor mais vezes, foi o protagonista dos primeiros 45 minutos, dano chances claras de gol que não foram aproveitados por Icardi. 


Mesmo com total controle da metade do jogo, quem abriu o placar foi o Milan. No contra-ataque, Bonaventura passou para Suso, que em rápido movimento de pernas, conseguiu cortar para o meio e chutar, não dando chances a Handanovic e abrindo o placar para os Rossoneri, já aos 43 minutos de jogo. 
 

Celebração do segundo gol. (VIA @acmilan)
Na segunda etapa, o jogo ficou mais proporcional, o Milan não se deixou levar pela vantagem e, em jogadas individuais, Niang e Bonaventura levaram perigo, quase ampliando a vantagem do diabo. Mas o gol veio do outro lado. Após falha de Locatelli, deixando a bola sair em lateral, Ansaldi cobrou rápido e achou Candreva. O recém chegado tinha espaço e acertou um belo chute de fora da área, sem chances para Donnarumma.

Não durou muito, a Inter foi para o abafa muito cedo, e em bola lançada, Carlos Bacca, sumido em campo, foi até a linha de fundo e passou para Suso, o espanhol cortou Miranda em direção da pequena área e, com a perna direita, bateu na chamada parede do gol, sem chance pra Handanovic, vantagem pro time vermelho e preto.

Suso é o primeiro espanhol a marcar no Derby com a camisa do Milan
A pressão da Inter seguiu, mesmo com a desvantagem em duas vezes no placar, os comandados de Stefano Pioli tinham controle do jogo, mas não marcavam. Até os 48 minutos, quando o castigo veio para o Milan e Ivan Perisic escorou dentro da pequena área um desvio de cabeça de Miranda, dano números finais ao empate, 2 a 2.

A Inter tomou conta do jogo, foi melhor nos 90 minutos, mas o Milan foi mais efetivo. E, com o tarde gol de Jovetic, o empate deixou um tom de mentira. Mesmo com menos posse e finalizações, o Milan merecia mais que a Inter, que pouco se preocupou com a qualidade.  
Com o empate, ficou o gosto de derrota para o Milan, que subiu uma colocação e está em segundo. Na próxima rodada, os Rossoneri jogarão fora de casa, contra o Empoli.


POR: @ACM_VINICIUS

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.