Header Ads

Ressaca na Ressacada: Náutico joga mal e perde confronto direto contra o Avai

Era um jogo decisivo para ambas equipes que almejavam se firmar no G4, na tarde desse sábado (12/10) e o que vimos foi um Náutico muito apático, time desmotivado e sem ambição na partida, time que viu o Avai dominar o jogo e sair vencedor. Náutico entrou em campo com sua base titular que conseguiu aquela arrancada heróica de seis vitórias consecutivas sob o comando de Givanildo Oliveira, essa arrancada fez o Timbu chegar aonde está hoje. Porém, nessa partida decisiva contra o time catarinense não vimos 20% do time que encantou os torcedores e que nos fez acreditar no acesso como nunca. 
 
Rony cabisbaixo após gol sofrido ( Foto: GE )


 O início da partida estava muito equilibrado, duas equipes se estudando muito, Náutico entrou em campo com um entrave no time titular. Trata-se do meio campista Marco Antônio que não entrou visivelmente 100% na partida, e assim não rendeu o que se é esperado de um jogador de sua categoria, transição no meio campo estava escassa causando muita dificuldade para os atacantes, Rony e Bergson que mais um jogo a dupla de frente do timbu foi ineficáz e ambos fizeram uma atuação apagada.

O Náutico sofreu um revés. Com uma falta mal marcado do jogador Igor Rabello em cima do jogador avaiano, da entrada da área, Marquinhos com toda sua categoria abriu o placar, assim o Náutico se desarticulou e não teve forças para ir atrás do resultado, no final do segundo tempo novamente com um erro do juiz, Marquinhos marcou mais um para o Avai, dando resultados finais na primeira etapa, Avai 2-0 Náutico. 
Marquinhos Catarina comemorando seu gol  ( Foto: GE )


 Na segunda etapa nosso técnico Giva, veio com duas alterações logo de cara para tentar mudar o panorama da partida e aumentar o ímpeto de vitória da equipe alvirrubra. Saiu Marco Antônio e entrou Tiago Adam, e também tirou Rodrigo Souza para a entrada de Maylson, o time melhorou no segundo tempo e teve mais chances de gols,Tiago Adam pouco fez no jogo, mas se esforçou e correu o tempo todo, Maylson mais uma vez entrou muito bem no jogo e mas teve sua atuação manchada por conta de sua expulsão em uma entrada violenta em Marquinhos Catarina.

Em um contra ataque o Avai acabou fazendo o terceiro gol e o Náutico acusou o golpe e não teve mais forças para reagir, o acesso ficou mais difícil, mas agora enfrentamos o Tupi em Juiz de Fora e o Oeste na Arena Pernambuco, da pra acreditar que podemos subir se cumprirmos os dois deveres, que é mais que obrigação e também torcer para o Bahia tropeçar. Enquanto houver vontade de lutar, haverá esperança.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.