Header Ads

Visando 2017, Sampaio Corrêa demite Flávio Araújo

Flávio Araújo não é mais técnico da Bolívia Querida (Foto: sampaiocorreafc.com.br)

Flávio Araújo não é mais técnico do Sampaio Corrêa. Apesar de ter falado em entrevista na semana passada que estava quase certa a sua renovação com o tricolor, o treinador foi comunicado pelo presidente Sérgio Frota que não comandará equipe em 2017 e está desligado do clube. O anúncio foi feito nesta tarde.

O presidente da Bolívia Querida confessou que o aspecto financeiro foi decisivo para a demissão e não permanência do treinador para 2017. Flávio, em sua terceira passagem pelo Sampaio, dirigiu o time em 18 jogos, com três vitórias, seis empates e nove derrotas, com um aproveitamento de 27,78%.

Podemos culpá-lo por esse péssimo rendimento e campanha? Sim e não. O elenco foi formado, quase todo, antes da sua chegada. Sem bons nomes no mercado, perto do fim do prazo de inscrição para o Brasileiro, trouxe alguns jogadores, como Hiltinho e Enercino, este último completamente inútil para as pretensões do clube.

Com a baixa qualidade do elenco, só lhe restava lutar com o que tinha. Um trabalhador sem boas ferramentas tem que suar mais e trabalhar dobrado para alcançar seus objetivos. Em alguns jogos, o time se portou bem, chegando a dar alguma esperança ao torcedor boliviano, mas acabou sucumbindo e caindo para a Série C, também contando com alguns erros da parte da comissão técnica, como escolhas equivocadas nas escalações e substituições, além de algumas formações e esquemas táticos duvidosos.

Quem assumirá o comando da equipe em seu lugar até o fim da competição será Vinícius Saldanha, técnico do sub-20, que já treinou interinamente a equipe neste ano no estadual, em 2014, também como interino, na reta final da Série B, e em 2009.

Marcos Fernandes || Twitter: @poetafernandes
Linha de Fundo || @SiteLF

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.