Header Ads

Figueirense é surpreendido e perde para o Brusque na abertura do Catarinense

Na noite do último sábado (28) o Figueirense fez sua estreia no Campeonato Catarinense diante da equipe do Brusque. Apesar de sair na frente do placar com Anderson Aquino, o Figueirense deu espaços e oportunidades ao Brusque que com Michel Douglas e Assis, virou a partida e garantiu a vitória do Marreco.

Na estreia do Catarinense, Brusque levou a melhor sobre o Figueirense (Foto: Luiz Henrique/Figueirense FC)
Buscando se recuperar após uma derrota para o Londrina no meio de semana na abertura da Primeira Liga, o Figueirense foi para enfrentar o Brusque com um esquema totalmente diferente daquele usado no seu primeiro jogo na temporada. Com um 3-5-2 com Everton de ala esquerda, Henrique Trevisan compondo a zaga e fazendo a função de lateral-esquerdo, e Matheus tendo a missão de ser o camisa 10 do time, o técnico Marcos Santos prometia propor o jogo. Conseguia chegar à meta adversária rodando a bola com paciência, porém, como sempre no Figueirense, faltava o capricho na hora de finalizar a jogada. E isso o Figueira só conseguiu aos 47' quando Anderson Aquino recebeu na área, matou a bola no gramado e meio desajeitado bateu rasteiro no canto direito de Rodolpho.

Atacante Anderson Aquino marcou o primeiro gol do Figueirense na temporada (Foto: Luiz Henrique/Figueirense FC)
Na segunda etapa, tendo em mãos um Brusque que vem treinando desde janeiro, o técnico Mauro Ovelha mandou a sua equipe propor o jogo e tentar pelo menos o gol de empate. O Figueirense, por sua vez, estava cansado, já fazia um jogo lento e se via recuado logo aos 15 minutos da segunda etapa. Aos 27', Jonatas Belusso fez o giro na intermediária de ataque, fez o passe nas costas de Dirceu que viu Michel Douglas se infiltrar na zaga e bater na saída de Luís Carlos para empatar a partida. Logo aos 37', o interminável lateral-direito Carlos Alberto foi ao fundo e tentou o cruzamento. Dentro da área, a bola bateu no braço de Elias e o árbitro Rodrigo D'Alonso Ferreira marcou pênalti para o Brusque. Na cobrança, Assis bateu com categoria e pôs números finais na partida.

Com gols de Michel Douglas e Assis, Brusque surpreendeu Figueirense no Scarpelli (Foto: Brusque FC)
Ainda é começo de temporada, porém o técnico Marcos Santos precisa decidir o que ele quer. Ele está há quatro meses no Figueirense. Nesse tempo fez 14 jogos, perdeu nove, empatou três, e venceu apenas duas partidas. Nesta temporada, Marcos Santos trouxe seus jogadores e agora tem que os fazer jogarem e renderem. Caso contrário, a demissão será uma consequência.

O Figueirense volta a campo nesta quarta-feira, às 21h45, contra o Joinville, em Joinville, pela segunda rodada do Catarinense.

Ficha Técnica - Figueirense 1x2 Brusque

Data: Sábado, 28 de janeiro de 2017
Horário: 19h30 (horário de Brasília)
Local: Estádio Orlando Scarpelli, Florianópolis, SC
Público e renda: 2224 pagantes; 2389 presentes; renda de R$ 27.888,00
Arbitragem: Rodrigo D'Alonso Ferreira; Diego Leonel Felix, Gianlucca Perrone de Vasconcellos
Cartões amarelos: Ferrugem e Dudu (FIG); Michel Douglas, Willian e Pedrinho (BRU)
Gols: Anderson Aquino (FIG); Michel Douglas e Assis (BRU)

Figueirense: Luis Carlos; Henrique Trevisan (Índio), Dirceu, Bruno Alves; Dudu, Juliano, Ferrugem, Everton, Matheus (Elias); Anderson Aquino (João Pedro), Bill | Técnico: Marquinhos Santos

Brusque: Rodolpho; Carlos Alberto, Clayton, Neguete, William; Mineiro, Boquita (Leilson), Pedrinho, Assis, Douglas; Jonatas (Eliomar) | Técnico: Mauro Ovelha

Patrick Silva | @figueiradepre

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.