Header Ads

O estado da arte na NBA: Conferência Leste

The King! O autoproclamado rei do basquetebol passou por maus bocados no mês de janeiro. LeBron James viu seu Cleveland Cavaliers amargar uma série de apenas duas vitórias em oito jogos, e despejou uma torrente de criticas pra cima da diretoria e até dos companheiros de equipe, acusando a falta de coesão e a não existência de um playmaker no elenco do líder da Conferência Leste.

O último final de semana de janeiro, no entanto parece ter varrido a nuvem negra que pairava sobre Cleveland. Uma vitória convincente contra os Nets e um passeio de Kyrie Irving sobre o Oklahoma City Thunder (com Westbrook devidamente anulado pela marcação dos Cavs) deve devolver a moral para a melhor equipe do Leste, apesar da preocupação causada pela lesão de Kevin Love.  

Janeiro foi um mês complicado em Cleveland
Cleveland é seguido de perto na tabela pelo Boston Celtics, que tem como principal destaque o baixinho Isaiah Thomas, monstro dos arremessos de três  e pelo Toronto Raptors de DeMar DeRozan e Kyle Lowry, que não vem em uma fase espetacular, acumulando três derrotas em quatro jogos na semana passada.

O time mais quente da liga no momento, no entanto, figura entre os últimos colocados da Conferência Leste. O Miami Heat vem de sete vitórias seguidas, e conta com Dion Waiters sendo decisivo nos segundos finais das partidas, bem como o recorrente cestinha Hassan Whiteside. Assim, a equipe da Flórida busca correr atrás do prejuízo de péssimos resultados na primeira metade da temporada.

O curioso da Conferência Leste são as equipes que possuem nomes de peso mas não conseguem engatar a 3ª marcha. O Chicago Bulls de Dwayne Wade, Jimmy Butler e Rajon Rondo figura apenas na 7ª colocação. O New York Knicks de Carmelo Anthony, Derrick Rose e Joakim Noah dificilmente alcançará os playoffs, ainda mais com a recente rusga aberta entre Melo e a diretoria e torcida dos Knicks.

Carmelo Anthony não está em bons termos com a sua equipe 
Por fim vale destacar as atuações recentes de John Wall, do Washington Wizards, candidato a MVP e de Paul Millsap do Atlanta Hawks, equipes que estão confortáveis na zona de classificação para os Playoffs.

Então, está de volta a cobertura do Linha de Fundo na NBA! Acompanhe as matérias da coluna de esportes americanos para se manter atualizado do melhor que acontece pela terra do Tio Sam!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.