Header Ads

Palace, o inevitável, enfim aconteceu

Não é de hoje que a temporada do Palace dava indícios que realmente reservaria emoções fortíssimas na luta contra a volta à Championship... Mas, com novo resultado negativo, Croydon toda está apreensiva.

Big Sam não sabe o que é vencer à frente do Palace. Reprodução/Twitter oficial do Crystal Palace.
A temporada do Crystal Palace parece ter de fato entrado em um espiral de fluxo descendente. Buscou-se uma troca desesperada no comando técnico das Águias, Pardew deu lugar ao Big Sam, que até o momento não conseguiu modificar o nível de atuação da equipe. Os jogadores tem se esforçado, não falta brio ou empenho aos atletas, o que vem deixando a desejar é o quesito confiança. O Palace novamente deixa de pontuar na Premier League, tomando gol nos minutos derradeiros do confronto. O adversário da vez foi o Everton.

Os azuis de Liverpool chegaram à Londres na 7ª posição e se credenciando como postulantes a perseguição aos seis principais na tabela de classificação. A partida foi em Selhurst Park, que nesta temporada não tem sido um porto seguro do Palace (2V - 1E - 8D), o que confere ao Crystal apenas 7/33 pontos disputados em casa. E o pior é que o Palace deixou de vencer três partidas em que saiu vencendo, deixando sete preciosos pontos pelo caminho.

As duas equipes tem um histórico de confrontos bem disputado na Premier League, e para o deste sábado (21), Big Sam levou à campo os seguintes jogadores: Hennessey, Tomkins, Dann, Delaney, Ward, Cabaye (Ledley), Puncheon, Schulupp (Townsend), McArthur, Remy (Lee) e Benteke. Foi a primeira vez que a dupla Remy-Benteke iniciou um jogo de Premier League.

O Everton até começou em cima, mas foi o Palace quem primeiro assustou, quando Benteke, aos 8 minutos, acertou o travessão após cruzamento de McArthur. Porém, quem comandou as ações ofensivas na primeira etapa, foram os visitantes. O placar da metade inicial, contudo, permaneceu zerado.

Schulupp recém chegado foi titular. Reprodução/Twitter Oficial do Crystal Palace.
O segundo tempo não foi muito diferente, o Everton tentou chegar com mais frequência ao gol, embalados por recente vitória sobre o City de Guardiola. O Crystal seguia bravo, se segurando na defesa e também saindo na busca do seu gol, para tentar espantar o péssimo astral que paira no sul de Londres. As alterações se sucediam e tudo se encaminhava para um empate. Encaminhava-se...

Aos 42 minutos da etapa final, o Palace vacilou na marcação e foi castigado, com um gol marcado por Coleman. O lateral do Everton entrou em profundidade na grande área nas costas de Ward, que joga improvisado por ali, o garoto prodígio Davies viu a abertura e com bela assistência deixou seu companheiro cara a cara com Hennessey; Coleman ainda foi atrapalhado por Delaney, mas acertou bela finalização à queima roupa no ângulo, sacramentando o 1-0 e a inevitável entrada na degola.

Após a partida, o goleiro galês Hennessey, que só virou titular por conta da lesão de Mandanda, e que apesar da forma abrupta que chegou ao gol do Palace, se consolidou como destaque na equipe. Mesmo fazendo outra segura atuação, não evitou nova derrota. Ele expressou sua decepção dizendo: "Eu preciso começar a ter jogos sem levar gols".

Hennessey desolado após nova derrota. Reprodução/Twitter Oficial do Crystal Palace.
O Crystal Palace entrou na zona de rebaixamento pela primeira vez desde a 2ª rodada. Já são oito jogos sem vitórias (2E - 6D) e a pior sequência entre todos que brigam na parte inferior do certame. O que no papel tinha tudo para ser um grande ano, na prática, não se mostra muito esperançoso. Agora, em 22 jogos, são os mesmos 16 pontos conquistados (4V - 4E - 14D) e o 18º lugar, com vaga assegurada até a próxima rodada ao menos, na zona de rebaixamento. O Palace agora dá um tempo na Premier League e enfrenta, dia 28, pela FA Cup, o Manchester City. Sam Allardyce ainda busca sua primeira vitória.

Próxima partida do Crystal Palace pela Premier League:
31 de Janeiro - 17:45h (hora Brasília) - Vitality Stadium.
Bournemouth x Crystal Palace.

Por: @carlosjr92educa
Carlos Alberto de Sousa Júnior - Colunista do Crystal Palace

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.