Header Ads

Xhaka precisa manter a calma e nós também

A adaptação a Premier League leva mais tempo para alguns jogadores, o ritmo intenso e a velocidade do jogo são pontos que dificultam a vida de bons talentos. É o caso de Granit Xhaka, que chegou ao Arsenal na última janela de verão europeu, por cerca de £30M. Ao lado de Mustafi, foram as duas principais apostas dos Gunners para a atual temporada.

Ghanit Xhaka sendo apresentado oficialmente pelo  Arsenal (Foto: Arsenal.com)
Nascido na Basiléia, Granit Xhaka (24) iniciou sua carreira no futebol no próprio país de origem, após ser revelado pelo modesto Concordia no inicio dos anos 2000. Logo aos nove anos, atraiu olhares do Basel, um dos principais clubes da Suíça, que o contratou em 2002. Apesar da origem kosovar, Xhaka optou por defender a seleção Suíça de futebol, no entanto, para chegar lá, ele precisou se provar nos clubes.

O meia teve toda sua formação no clube suíço e já aos 17 anos se destacava na equipe principal. Dois anos após ser promovido para o profissional, em 2012, se transferiu para a Alemanha, onde defendeu o Borussia Mönchengladbach. No futebol alemão, Xhaka teve seus melhores momentos, onde liderou a equipe, sendo o capitão e o principal jogador do time nas boas campanhas da Bundesliga, que garantiram classificações para a UEFA Champions League.

Além das boas temporadas no futebol alemão, também fez uma boa Eurocopa pela Suíça, algo que elevou ainda mais a moral do atleta na sua chegada em Londres. Granit sempre se destacou pelo bom chute, os ótimos passes, a boa leitura de jogo e o estilo durão de liderar a equipe. Saiu do clube alemão com status de ídolo e chegou enchendo os Gooners de esperança. O suíço chegou para substituir Arteta, que ao fim da última temporada anunciou a aposentadoria do futebol.

Arsène Wenger foi inserindo Xhaka no time titular aos poucos, com calma, para que ele pudesse ter o tempo necessário de adaptação e conhecimento suficiente da nova liga que se propôs a disputar. Logo o desejo do torcedor de vê-lo no time titular era unanimidade, após boas apresentações ganhou a admiração dos novos adeptos. No entanto, o jogador ficou conhecido negativamente pelos cartões vermelhos, com um número de expulsões que assusta.

O camisa 29 voltou a ser expulso pela Premier League (Foto: DailyPost)
Sua primeira expulsão com a camisa do Arsenal, aconteceu no duelo contra o Swansea, em partida válida pela 8ª rodada da Premier League. O fato culminou em alguns jogos de suspensão e interrompeu a sua evolução. Com as lesões de Cazorla e Ramsey, Xhaka recebeu novas oportunidades, provando estar em forma com apresentações sólidas e uma boa sequência de jogos. Contudo, na última rodada da Premier League, em casa, contra o Burnley, Xhaka novamente prejudicou a equipe com uma expulsão. Só nos últimos três anos, o suíço recebeu nove cartões vermelhos, que é um número bastante alto.

No dia seguinte ao jogo, Xhaka teria se envolvido em confusão no Aeroporto de Heathrow, em Londres. O atleta levava o amigo para pegar um voo de volta para a Alemanha, após ter ficado uns dias na Inglaterra. Segundo a BBC, o jogador teria proferido palavras racistas a uma funcionária da companhia aérea, após se irritar por seu amigo ter perdido o voo. A polícia local teria chamado o jogador para depor. O Arsenal não se pronunciou sobre o caso.

Apesar das polêmicas, o camisa 29 já provou ser um ótimo jogador, tendo uma capacidade enorme de distribuir o jogo, seja com passes curtos ou com lançamentos diretos, todos com enorme precisão. Seu posicionamento defensivo talvez seja um de seus principais problemas, algo que com treinos e mais jogos, Arsène deve acertar.

Xhaka precisa manter a calma e pôr a cabeça no lugar. Temos um atleta talentoso, cheio de virtudes. Mas, como qualquer pessoa, tem seus defeitos. Xhaka não chega a ser um jogador violento, seus cartões são mais por afobação e um mau posicionamento defensivo, que acarreta na chegada atrasada em muitos lances, tanto que além dos cartões, já cometeu dois pênaltis com a camisa do Arsenal.

Contudo, o novo reforço está em sua primeira temporada, já mostrou futebol e precisa apenas corrigir algumas coisas e aprender com os erros. É um jogador importante para o Arsenal e, assim como ele, precisamos manter a calma.

2 comentários:

  1. Muito bom o post. Xhaka só precisa de mais um pouco de tempo, logo vai estar jogando o melhor de seu futebol!

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.