Header Ads

Em jogo marcado pelo desperdício de chances, Uberlândia mantém o 100%

A partida entre o Furacão Verde e a Pantera de Valadares, em Uberlândia, foi marcada por inúmeras finalizações desperdiçadas pelos donos da casa, que no final garantiram os três pontos e o 100% de aproveitamento.

Comemoração após o 1º Gol do Uberlândia. Reprodução/Facebook Ofiacial do Uberlândia Esporte Clube.
O Gigante do Parque do Sábia, em Uberlândia, se animou mesmo debaixo de muita chuva, que causou sérios transtornos pela cidade. Afinal, a carência do torcedor estava prestes a ter o seu fim, após nove meses sem uma partida oficial do Verdão no estádio (problema de calendário para as equipes de divisões inferiores impossibilita a sequência de trabalho em tais agremiações), enfrentaríamos um dos nossos principais rivais, devido em parte aos últimos anos de sequentes encontros no Módulo II.

A partida inicialmente estava marcada para domingo (5) às 16h, mas a pedido do Uberlândia foi alterada para as 17h. Aquém ao clima pouco convidativo, 5700 pagantes estiveram no maior do interior para empurrarem os jogadores, o UEC vinha de excelente triunfo diante do Tricordiano e faria o primeiro dos seis jogos em casa. No reencontro com a torcida a equipe enfrentou o Democrata que buscava a reabilitação após derrota frente ao América/BH. 

Apoiado pela massa verde, o Periquito partiu para cima do adversário, nos primeiros minutos foi um festival de chances perdidas. A principal com Reinaldo Alagoano que foi lançado de cara com o goleiro do Democrata e finalizou contra o corpo do arqueiro. Por cima, o "Dão" também levava a melhor, Mauro Viana testou duas vezes com perigo à meta do visitante. Após o bom início, sem gol, o Democrata cresceu na partida e começou a controlar as ações do jogo, sem assustar, porém sem levar sustos em contrapartida. Com um tenso primeiro tempo, o placar ficou no 0-0.

O segundo tempo pareceu uma extensão do primeiro, pelo menos nos minutos iniciais. Os visitantes continuavam com mais volume e chegaram a marcar um gol, anulado por falta de ataque, assustando o torcedor do Verde. Passado o "teste para cardíaco", os jogadores do Uberlândia conseguiram segurar a posse de bola e explorar os espaços na defesa do adversário. Em uma dessas escapadas pela ponta esquerda, falta perigosa próxima ao bico da grande área. Na geral, a confiança estava em alta e foi recompensada com um belo cruzamento na cabeça de Mauro Viana, que testou firme para vencer a meta da Pantera.

Com o gol o UEC melhorou e passou novamente a desperdiçar chances em atacado, como o técnico Catanoce bem destacou: "Nós estávamos muito dispersos na conclusão". Com os espaços, os contra ataques surgiam e não eram aproveitados, até Vanger receber pela esquerda já dentro da área e finalizar para um desvio no braço do defensor ocasionar um pênalti. Reinaldo Alagoano correu para a bola e deslocando o goleiro fechou o marcador, 2-0 em casa e 100% de aproveitamento. Na comemoração, muita emoção de Alagoano que conviveu durante a semana com problemas de saúde de seu filho.

Com a bela e não menos sofrida vitória, o maior campeão do triângulo chegou aos seis pontos em seis possíveis, subindo ao 2º lugar sem ainda sofrer gols. O líder é o Atlético, o Cruzeiro 3º colocado, também está 100% no certame. Ao final da partida, se mostrando bastante lúcido, o técnico Catanoce finalizou dizendo que o Uberlândia só teve o domínio total após o segundo gol e tratou de colocar os pés de todos no chão.

Reprodução/ Facebook Oficial do Uberlândia Esporte Clube.
Próximo compromisso do verde mais querido de Minas será em BH. Valendo a liderança enfrentaremos o Atlético no Independência, às 17 h do domingo (12).

Ficha Técnica: Uberlândia 2 x 0 Democrata/GV - 2ª Rodada do Módulo I do Mineiro 2017

Local: Estádio Parque do Sábia - Uberlândia - MG.
Data: 05/02/2017.
Horário: 17:00 h.
Arbitragem: Emerson Ferreira, Felipe de Oliveira, Samuel Silva e Rodrigo Lúcio.
Público Pagante: 5.701.
Gols: Mauro Viana 16' 2ºT, Reinaldo Alagoano 39' 2ºT.

Uberlândia: Thiago Braga, Rodney (Cesinha), Mauro Viana, Robinho, Vandinho, João Paulo, Alê (Jefersom Berger), Bruno Moreno, Marco Goiano (Elivelton), Vanger e Reinaldo Alagoano. Tec. Paulo César Catanoce.

Por: @carlosjr92educa
Carlos Alberto de Sousa Júnior - Colunista do Uberlândia

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.