Header Ads

O carnaval de Alex Sandro e Mandzukic

O mês de fevereiro é, geralmente, o mês tradicional do carnaval em todo o mundo. Além do carnaval brasileiro, na Itália temos o famoso carnaval de Venezia, que possui uma roupagem diferente da nossa, o que não torna esse ou aquele superior.

Nesse último final de semana, que foi o do carnaval brasileiro, tivemos a 26ª rodada da Série A Tim. No último sábado, 25, a Juve enfrentou o Empoli no Juventus Stadium. Destaque também para outras duas partidas: No mesmo dia 25, o Napoli perdeu para a Atalanta por 2x0, em pleno San Paolo, com dois gols do zagueiro Mattia Caldara (que já pertence a Juventus e está emprestado ao time de Bérgamo) e Internazionale 1x3 Roma, em Milano, fazendo com que a Roma seja a única equipe a almejar o título junto com a Juventus.

Allegri postou a Juventus da seguinte forma: Neto; Dani Alves, Bonucci, Rugani, Alex Sandro; Marchisio, Pjanic, Cuadrado, Sturaro, Mandzukic; Higuaín. Os únicos que podem ser considerados reservas que entraram no time inicial foram Neto, Rugani e Sturaro. Rugani ainda atuou (e muito bem) em muitas partidas nesta temporada. Na verdade apenas Sturaro e Neto são considerados jogadores de nível diferente dos que costumam iniciar os jogos.

Mandzukic comemorando seu gol. Um gladiador da era moderna! Foto: Juventus.com
A Juventus iniciou a partida muito bem, criando diversas oportunidades de gols, deixando o Empoli encurralado no campo de defesa. A partir dos 20 minutos da primeira etapa, o time da Toscana acertou a marcação e deixou o jogo mais emparelhado, com poucas chances para ambos os lados.

Já na segunda etapa, aos 51 minutos, Cuadrado arrancou um ótimo cruzamento na cabeça de Mandzukic. O croata testou firme na bola, que explodiu no travessão e já pingou dentro do gol. Mandzukic, que não é bobo, para não ter problemas, foi como um carro alegórico sem freios e estufou as redes.

Exatos 13 minutos após o primeiro gol, novamente tivemos uma trama armada pelo lado direito do nosso ataque. Cuadrado foi até a linha de fundo, fez uma bonita jogada (com um elástico), tornou o passe para Dani Alves que cruzou rente ao gramado. A bola parou nos pés de Alex Sandro, que utilizou todo o seu vigor físico girando na marcação e batendo cruzado. O placar então foi para 2x0 e se mantém até o final do jogo.

Mandzukic e Alex Sandro já foram muito elogiados por mim durante essa temporada. O crescimento técnico e tático deles é vertiginoso. Mandzukic está numa fase de sua carreira que seria difícil pensar que poderia mudar seu posicionamento que não fosse aquele de jogar dentro da área como um camisa 9. No jogo de sábado, ele não apenas revezou com Sturaro a posição de um meia esquerda/ponta esquerda, como fez um papel de um segundo atacante mais centralizado, papel de Dybala no esquema de Allegri.

Alex Sandro vive ótima fase na Juventus. Foto: Juventus.com
Quando Alex Sandro foi contratado muitos viraram a cara. O brasileiro ainda chegou a ter o status de reserva de Evra, mas com o tempo, passou a ser nítida a necessidade de dar a titularidade a Alex, que vinha pedindo passagem com excelente forma física e técnica. Nos últimos jogos, o lateral-esquerdo vem sendo peça fundamental no ataque da Juventus, com assistências, volume de jogo e até gols. A saída de Evra mostrou-se fundamental para que não houvesse essa exigência de dar minutos para um jogador já consagrado, mas em final de carreira, dar a titularidade absoluta a Alex Sandro e dar mais minutos de jogo a Asamoah na lateral-esquerda (e não no meio, pelo amor de Deus), que faz o papel de maneira justa, correta.

Dessa forma, com o time em ótima fase, manteve sete pontos de distância para a segunda colocada Roma e 12 pontos para o terceiro colocado Napoli. Nosso próximo jogo é exatamente contra o time da Campania, pelo jogo de ida da Copa da Itália, amanhã, dia 28.

Fino alla fine, FORZA JUVENTUS!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.