Header Ads

Clássico das cores, o renascimento de uma rivalidade

Nascida, no final da década de 30, a rivalidade entre Fortaleza e Ferroviário, ganhará novos capítulos, nos próximos dias, sobretudo, pela possibilidade de ocorrerem três confrontos, válidos pela semifinal do Campeonato Cearense. Duelo possui muita história e uma tradição imensa dentro do estado. Já houve um confronto nesse ano, na primeira rodada do certame, um empate em 2 a 2. 

O nome atribuído ao jogo refere-se às cores dos times, onde ambos possuem três cores principais, sendo o Fortaleza (vermelho, azul e branco), e o Ferroviário (vermelho, preto e branco). O confronto perdeu muito o seu brilho nos últimos anos, sobretudo, pelas campanhas ruins do Tubarão da Barra (Ferroviário), que passou por grandes crises financeiras, chegando a estar na segunda divisão do Campeonato Cearense. O primeiro jogo datado entre as equipes ocorreu em 1938, com a vitória do Fortaleza por dois a zero.

Estatísticas do Clássico

- 311 Jogos
- 129 Vitórias do Fortaleza
- 89 Empates
- 93 Vitórias do Ferroviário
- 873 gols totais, sendo 467 do Fortaleza e 406 do Ferroviário

- Maior tabu a favor do Fortaleza: 27 partidas, sendo 21 vitórias e 6 empates, entre 1999 e 2007.
- Maior tabu a favor do Ferroviário: 18 partidas, sendo 8 vitórias e 10 empates, entre 1978 e 1981.

- Maior sequência de vitórias seguidas do Fortaleza: onze, de 1999 a 2002.
- Maior sequência de vitórias seguidas do Ferroviário: nove, de 1940 a 1943.
- Maior sequência de empates seguidos: sete, entre 1989 e 1990.

- Maior goleada leonina: Fortaleza 5 a 0, pelo Campeonato Cearense de 1947.
- Maiores goleadas corais: Ferroviário 6 a 1, pelo Campeonato Cearense de 1951, além de mais quatro partidas com o placar de 5 a 0, igualando assim o maior placar dos tricolores.

- Partida com o maior número de gols: Fortaleza 7 a 4, pelo Campeonato Brasileiro da Série C de 1998.

- Em nove decisões de campeonatos cearenses, a vantagem do Fortaleza é inquestionável, com oito finais ganhas e apenas uma perdida.

O "ressurgimento" do Ferroviário é muito positivo para o futebol cearense e nordestino, pois um time que revelou Jardel (brilhante no FC Porto), Iarley (decisivo no Paysandu), não pode ser esquecido e nem estar jogado às traças. Parabeniza-los pela vaga na Série D em 2018 e desejar bons jogos nas semifinais e que não tenhamos brigas entre as torcidas. Nós vemos na Arena Castelão.

O primeiro confronto das semifinais será realizado no próximo domingo (2), às 16hs, na Arena Castelão. (opovo.com.br/divulgação)
#BORA LEÃO
#TRICOLOR DO PICI
#QUEREMOS O ACESSO
#RUMO AO TRI

Gabriel Viana / @GabrielVianaSo3

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.