Header Ads

Fim de tabu: CRB perde chance de se classificar antecipado no clássico

Novamente com as torcidas presentes no Rei Pelé, CSA e CRB disputavam jogo válido pela 4ª rodada da fase de grupos da Copa do Nordeste. A equipe mandante, caso não estaria eliminada da competição, já a equipe visitante poderia se classificar ainda nesta rodada se vencesse e o Itabaiana não conseguisse vencer o ABC.

Escalações:

CRB: Juliano; Marcos, Boaventura, Gabriel e Diego; Adriano, Yuri, Danilo Pires e Sérgio Mota (Chico); Maílson (Clebinho) e Elias (Neto Baiano).
Téc: Léo Condé

CSA: Mota; Celsinho, Thales, Douglas Marques e Rayro; Dawhan, Marcos Antônio, Everton Heleno (Cleyton) e Daniel Costa (Didira); Soares e Jacó (Thiago Potiguar).
Téc: Oliveira Canindé

Primeiro tempo

Jogo quente, euforia por parte das duas equipes. Jogadores discutindo em campo, torcidas cantando para empurrar suas equipes. Poucas chances de gol foram criadas nos primeiros vinte minutos, tocando a bola e tentando chegar pelos lados e pelo meio. Muitas faltas foram acontecendo, sejam de longa distância pelo meio ou pelos lados.

Foto: Globo Esporte
E foi assim, acontecendo fato por fato que as equipes começavam a deixar de brigar em campo para tentar marcar o gol. Maílson começando a ter mais a bola no pé, Danilo Pires também, só que pelo lado direito do campo de ataque. Destaque da equipe azulina neste começo de temporada, Everton Heleno não mostrava o mesmo futebol de partidas anteriores.

Jogador que teve destaque positivo e também alguns negativos na partida foi o zagueiro do CRB, Flávio Boaventura. Discutindo com jogadores do CSA, ajudando na marcação e chegando para finalizar em jogadas de bola parada.

Elias em dois minutos seguidos quase marcou gol. Mota no primeiro lance falhou e Elias também. No segundo lance, bola má recuada para o goleiro que se chocou com o atacante do Galo e precisaram serem atendidos em campo. As principais chances foram do CRB, mas não foram executadas da melhor forma.

Segundo tempo

Voltando para a segunda etapa, a equipe Maruja começou a atacar e exigir do goleiro Juliano. Em dois lances seguidos o arqueiro do Galo teve de participar para evitar o gol. Após os dois lances, Juliano foi atendido e continuou na partida normalmente. E no minuto 5' o primeiro cartão amarelo do jogo, Jacó, atacante do CSA recebeu após falta feita em cima do jogador Flávio Boaventura que foi seguro em vários momentos.

Elias teve outra chance que disputou com o goleiro Mota e novamente esteve perto de marcar o gol. A partida foi ficando interessante para o CRB, Elias sendo acionado sempre no ataque através de jogadas realizadas pela direita e esquerda por Danilo Pires e outros jogadores.

(João Marcelo Cruz / Portal TNH1)
Foto: TNH1
Outro jogo no segundo tempo, equipes disputando espaço por espaço para marcar o gol. As torcidas cantavam e empurravam as equipes para chegar ao gol. As oportunidades eram construídas sempre pelos lados, as finalizações variavam entre área e fora dela. As alterações foram feitas nas duas equipes, pelo CRB, Sérgio Mota foi o primeiro a sair do campo, dando lugar ao folclórico Chico.

Em alguns momentos o jogo "pegava fogo" em um dos ataques. Em outros momentos a partida foi esfriando e não tendo grande participação dos jogadores de frente de ambas as equipes. Muitas discussões aconteceram, mas nenhuma saiu sequer um cartão amarelo. E no minuto 29', Neto Baiano entrou em campo no lugar de Elias. No minuto 38', Clebinho entrou no lugar do jogador Maílson.

O CSA precisava atacar e marcar o gol para continuar vivo na competição, foi se lançando e precisando voltar para marcar o contra-ataque do Galo. E aos 45', após tanto precisar do gol, o CSA conseguiu marcar o gol com Thiago Potiguar para marcar o gol da vitória e deixar a equipe viva na competição. CSA 1 a 0 CRB. Soares expulso no minuto 47' após agredir o jogador Adriano.

Próximo jogo

No dia 19, o Galo irá enfrentar a equipe do Santa Rita na cidade de Boca da Mata, jogo que será válido pela 9ª rodada da primeira fase do Campeonato Alagoano. A partida será realizada no Estádio Olival Elias às 16h.

Foto: Globo Esporte
Números do clássico

508 jogos
193 vitórias do CRB
143 vitórias do CSA
161 empates

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.