Header Ads

Mão cheia! Vila Nova sofre a maior goleada do Goianão 2017

O Vila Nova voltou a campo no último domingo (12), onde enfrentou o Goianésia é voltou a jogar mal. Dessa vez não teve como escapar a derrota aconteceu. É aconteceu de uma maneira humilhante. O Tigre foi atropelado pelo Azulão do Vale. O placar? Um modesto 5x1. Os gols? Nonato (2x) e Michael (3x) comandaram a vitória do azulão. Guarde o nome desse garoto. Hiroshi marcou o único gol colorado.

O Tigre defendia a liderança da competição tentou é não adiantou. A vergonha tomou conta, jogadores resolveram tirar o pé do acelerador e não jogar mais. O Vila se ganha ficaria perto da classificação para as semifinais. Assim como foi nos jogos diante do Vasco, Anápolis e Rio Verde a equipe ainda não mostrou futebol. Aquele Vila Nova 'mascarado' que jogou o amistoso contra o Flamengo não existe. Seria pura enganação? Não é possível, o problema e que se apegaram naquela de "se faltar técnica, vamos na raça". Isso não existe, nem sempre vão jogar mal é vencer, e sempre que vencer jogando o que estão jogando vão esconder os erros. É o maior problema e se acomodar nesses erros. A humilhação que a equipe passou em Goianésia pode ter sido o fim dessa sequência ruim. 

(Foto: Reprodução / Goianésia Esporte Clube).
O Vila foi a campo pressionado precisando vencer e convencer, por conta da última partida ter sido apagada. Venceu e não convenceu. A equipe foi criticada e vaiada em campo, pelo visto nada mudou. Ainda devendo o Tigrão foi dominado e humilhado pelo Goianésia, no Valdeir José de Oliveira. O Azulão aproveitou o apagão do Tigrão é não tomou conhecimento e foi para cima. Apesar da volta dos volantes PH e Marcos Serrato o meio do Tigre continuou desorganizado e por mais uma vez pouco criou.

O primeiro tempo foi completo de erros, o goleiro Luan teve um pouco de trabalho no início, o Vila ameaçava e teve as melhores chances. Moisés e Serrato desperdiçaram a chance que poderia ter mudado o rumo da partida. Aos 22' o Tigrão a balançar as redes após um cruzamento Moisés completou de canhota, mas não valeu o atacante estava impedido.

Aos 25' em mais um contra-ataque Hiroshi ajeitou e chutou na entrada da área, mas a bola parou na marcação. Aos 35' o Vila ainda levou perigo ao Goianésia, Moisés ajeitou para Marcos Serrato que bateu de primeira para a boa defesa de Luan. O Tigre já dominado viu o adversário abrir o placar. Aos 41' da primeira etapa Nonato foi acionado, mas impedido o atacante deu um corta-luz e deixou à bola passar, Dinei que vinha chegando à Linha de Fundo cruzou, já na área Nonato não desperdiçou e abriu o placar, 1x0 Goianésia.

Michael o velocista do Azulão do Vale. (Foto: Reprodução / Goianésia Esporte Clube).
De volta para o segundo tempo, o Vila resolveu sacar PH e colocar Mateus Anderson, Marcelo Dias que substituiu Mazola Jr suspenso, não pensou nas consequências. O meio ficou exposto, e o Azulão fez o que quis. Com 7' o goleiro Wendell fez uma presepada e derrubou Nonato dentro da área do Vila. Pênalti! O próprio atacante bateu deslocando com facilidade o goleiro colorado ampliando o placar aos 9' da segunda etapa, 2x0 Goianésia. Vila sentiu o segundo gol do azulão, a equipe se perdeu com a saída do volante PH.

Eis que surgiu Michael, lembrou-se do nome? Aniversariante do dia não poderia ter ganhado presente melhor do que o que a zaga do Vila deu á ele. Com 13' de segundo tempo Brunão rebateu mal, Wesley Matos disputou pelo alto com Nonato e a bola sobrou para o garoto que pegou de primeira marcando seu primeiro gol na partida é o terceiro do Azulão no jogo, 3x0.

Com dois minutos depois Michael apareceu novamente, o atacante fez jogada individual e chutou Wendell defendeu a primeira, o atacante insistiu no rebote e marcou o quarto gol do Goianésia o segundo dele na partida, 4x0. Ai você aí deve estar se perguntando, acabou? Ainda não, falta o grand finale. O Vila chegou a marcar aos 29' com Hiroshi, a bola sobrou na área é o meia bateu para descontar.

Sabe o velocista? Então ele tratou logo de domar o Tigre de vez. Com 40' da etapa final Michael arrancou, invadiu a área e bateu na saída do goleiro Wendell para marca o quinto gol do Goianésia e o terceiro dele, 5x1 no até então líder do campeonato. Humilhação total ao Vila Nova que errou novamente, e dessa vez não teve para onde fugir. Após o final da partida o ônibus da equipe foi atacado por torcedores do clube.

Na próxima rodada o Vila Nova receberá a Aparecidense para tentar voltar a liderança do campeonato. O jogo que acontece no sábado (18) ás 16h estava marcado para acontecer no Onésio Brasileiro Alvarenga, deve ser transferido para o Estádio Serra Dourada. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.