Header Ads

São Paulo foi superior, mas cedeu o empate no Majestoso

Morumbi lotado, queda de torcedor, provocações e empate, marcou o Majestoso desse final de semana.

Com mais de 50 mil torcedores no Morumbi, São Paulo recebeu o Corinthians, pela penúltima rodada da primeira fase no Campeonato Paulista, o jogo terminou empatado, um gol para cada. Foi o quarto jogo sem vitória de cada equipe no torneio – quinto se computada uma partida pela Copa do Brasil –, mas o resultado foi pior para a equipe tricolor que precisa de uma vitória na última rodada, contra o São Bernardo, para voltar a liderar o Grupo B.

Com torcida única, o Morumbi teve público de mais de 51 mil torcedores, mas em meio da festa na arquibancada, houve um acidente. Um homem, Bruno Pereira da Silva, de 23 anos, natural de Pindamonhangaba, morreu após cair da arquibancada superior do Morumbi. Ele tentava trocar de setor, mas caiu para fora do estádio, próximo ao portão 17, em cima de um veículo estacionado no local. Na queda, Bruno sofreu múltiplos ferimentos na cabeça, braços e também pernas – teve fratura exposta. Em estado grave, o torcedor recebeu massagem cardíaca dos socorristas do estádio e foi levado em uma ambulância ao Hospital Municipal do Campo Limpo, que também fica na zona sul da cidade. Contudo, ele não resistiu aos ferimentos e chegou ao local já sem vida.

São Paulo foi com vários desfalques, Sidão (lombalgia), Bruno (entorse no tornozelo direito) e Wesley (aprimora forma física após artroscopia no joelho), além de Lucas Pratto, Buffarini e Cueva (Eliminatórias). Então, Rogério Ceni apostou no jovem Araruna na lateral direita, que na base jogou um tempo nessa posição, além de Wellington Nem no lugar de Cueva e Gilberto de centroavante.

Foi um jogo no início de ataque contra defesa. O São Paulo pressionava e o Corinthians foi claramente com o propósito de se defender, o Tricolor procurava tabelas do lado esquerdo com Júnior Tavares e Luiz Araújo e no lado direito com Wellington Nem e Araruna. O time da casa teve mais a posse de bola toda partida, mas encontrava dificuldade para finalização, já que o Corinthians marcava bem. Tricolor teve chances com Luiz Araújo, entretanto ele as desperdiçou. O time visitante chegou ou tentou chegar algumas vezes com perigo, mas o esquema defensivo são-paulino estava funcionando bem. Os gols saíram já no 2º tempo, após cobrança de escanteio de Araruna, Cícero escorou no segundo pau e Maicon de cabeça fez o gol são-paulino. Na comemoração, o zagueiro comemorou imitando uma galinha. O gol de empate saiu após falha da zaga são-paulina (não podia ser diferente...). Guilherme Arana cruzou e encontrou Jô livre na pequena área, entre Rodrigo Caio e Júnior Tavares, o atacante, de cabeça, empatou a partida. São Paulo quase fez o segundo, com cobrança de falta de Maicon e com cabeçada de Cícero, após cobrança de escanteio, todavia ficou no quase. O lance que também marcou o clássico foi a expulsão de Wellington Nem. Nem recebeu amarelo após carrinho em Léo Jabá, o são-paulino estava com "sangue no olho", também se estranhou com Arana, dando uma solada nele, mas o juiz não deu falta. Ele levou o segundo amarelo em um lance "insignificante", onde em uma disputa de bola, Wellington deixou o braço - que não chegou a encostar - em Camacho. E assim terminou a partida, 1 a 1.

Destaque para Jucilei e Araruna, ambos foram muito bem, defensivamente e ofensivamente. Uma crítica deixo para Ceni por não ter tirado Welligton Nem após a solada em Arana, que o juiz não deu falta, mas ele já poderia ter sido expulso nesse lance. Em geral, o time se comportou bem, marcou bem e chegou com perigo, mas sentiu muito a falta de Cueva, como de costume.

Com esse resultado, o Tricolor fica com mesmos pontos que Linense, porém com uma vitória a menos. Assim, precisa de uma vitória sobre o São Bernardo em São Bernardo do Campo, nessa quarta-feira (29/03), às 21h45 para liderar o Grupo B e decidir a segunda fase em casa, além de precisar torcer para que o Linense perca ou empate, contra o Corinthians em Itaquera.

FICHA TÉCNICA

Local: Estádio Cícero Pompeu de Toledo, Morumbi - SP
Gols: Maicon (SAO); Jô (COR)
Cartões Amarelos: Maicon e Cícero (SAO); Pablo, Gabriel, Maycon, Rodriguinho e Jô (COR)
Cartão Vermelho: Wellington Nem (SAO)
Arbitragem: Vinícius Furlan, auxiliado por Anderson José de Moraes Coelho e Eduardo Vequi Marciano.

SÃO PAULO
Renan Ribeiro, Araruna, Maicon, Rodrigo Caio e Júnior Tavares; Jucilei, Thiago Mendes e Cícero; Wellington Nem, Gilberto (Chavez), Luiz Araújo (Neilton). Técnico: Rogério Ceni

CORINTHIANS
Cássio, Léo Principe, Balbuena, Pablo e Guilherme Arana (Moisés); Gabriel, Maycon, Jadson, Rodriguinho (Camacho) e Pedrinho (Léo Jabá); Jô. Técnico: Fábio Carille

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.