Header Ads

Um repeteco da final: Saints caem para o Spurs

O adversário dessa vez, não era nada de tão difícil, ainda mais sem o artilheiro Harry Kane. Mesmo assim, abusamos das chances desperdiçadas e acabamos sofrendo mais uma derrota no domingo (19) no White Hart Lane. Os gols foram marcados por Delle Alli, Eriksen pelo Tottenham, e Ward-Prowse pelo Southampton.

Logo no início do jogo, o dinamarquês Eriksen chutou no canto de Forster abrindo o placar, deixando os Saints confusos no jogo. Mas o time começou a se acertar a partir dos 20 minutos e as chances apareceram com Oriol Romeu, em um chute de fora da área, Gabbiadini, após receber um passe de Tadic, chutou pelas rede do lado de fora, e a última chance com o próprio sérvio. Redmond salvou uma bola que parecia perdida e o colocou na frente do gol sem marcação nenhuma e o nosso ponta isolou para a frustração dos torcedores presentes no estádio. Ainda no primeiro tempo, um balde de água fria. Steven Davis entrou solando Delle Alli na área, pênalti batido e convertido pela jovem promessa inglesa. Com isso, fim do primeiro tempo.

Voltamos do intervalo e logo aos sete minutos, após cruzamento de Bertrand, Ward-Prowse dominou, girou e marcou, diminuindo o placar e colocando o Southampton de volta na partida.

Imagem relacionada
James Ward-Prowse marcou o gol do Saints no jogo (Foto:Daily Mail)
Pareceu que depois do gol, o time não foi mais para frente. Conseguia ter um toque de bola, envolvendo o Spurs, mas não conseguia ter sucesso no ataque. O time de Londres assustou com uma chance do coreano Son e não foi muito mais que isso. Um lance que também chamou bastante atenção foi a chegada bem forte de Victor Wanyama em Tadic. Victor foi jogador do Southampton por três temporadas e saiu nessa temporada, mas conhece bem o sérvio, pois jogaram juntos nos Saints. O clima entre os dois ficou bem tenso depois. No final, mais uma derrota na conta, 2 x 1 para o Tottenham.

Com o resultado, o Southampton fica na décima posição na Premier League, com 33 pontos. O time joga agora no dia primeiro de abril em casa, recebendo o Bournemouth, fazendo o clássico do sul da Inglaterra.

WE MARCH ON - João Eduardo Gurgel

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.