Header Ads

A história foi feita: Westbrook e seus 42 Triplos-Duplos


Ele conseguiu! Após três jogos batendo na trave, Russell Westbrook passou o lendário Oscar Robertson em quantidade de Triplos-Duplos na temporada regular. O ex-jogador fez na temporada 1961/1962, jogando pelo extinto Cincinatti Royals, nada menos que 41 TD. E nessa temporada, o armador do Oklahoma City Thunder mostrou que não era impossível de bater esse recorde. Ele foi batido no jogo de ontem, 10 de Abril, contra o Denver Nuggets, no Pepsi Center, em Denver.

Westbrook vibra com o feito incrível que ele fez: Um monstro (Foto:Matthew Stockman/Getty Images)
O jogo foi digno de um jogador que merece ser o MVP.  Além do recorde, o jogador teve uma atuação espetacular, com 50 pontos, 16 rebotes, 10 assistências e um game-winner, ou seja, a última bola do jogo que deu a vitória ao OKC. Um jogador espetacular, vangloriado e aplaudidos em todos os ginásios que joga. Após bater o próprio recorde, Oscar Robertson comentou o feito:

"Eu não poderia estar mais feliz por ele. Parabéns ao Russell Westbrook por uma temporada magnífica!”, comentou. Ele ainda afirmou que ele merece ser o MVP nessa temporada.“Meu voto é para o Westbrook, e explico o porquê. Ele assumiu o ataque do Thunder depois que a saída de Kevin Durant para o Golden State Warriors mudou a equipe. Nesta temporada, ele bateu qualquer outro armador no um contra um. E o mais importante, ele deveria ser premiado por suas atuações excepcionais nesta temporada e por suas conquistas individuais para a carreira”.

Oscar Robertson - Cincinnati Royals - NBA (Foto: Getty Images)
Oscar na época que fez os seus 41 triplos duplos ( Foto: Getty Images)
O recorde foi sair apenas no último quarto. Faltava apenas uma assistência. Após duas tentativas de passe e arremesso de Sabonis, Westbrook infiltrou, e passou na zona morta para Semaj Christon, que com uma bola certeira, fez a décima assistência e contribuiu para o recorde do "Senhor Triplo-Duplo". O mais impressionante é que esse era um recorde que ninguém esperava ser quebrado, pois era praticamente impossível, mas essa palavra não existe para Westbrook. Foram 55 anos de espera, afinal, recorde foram feitos para serem quebrados. O camisa zero também alcançou uma outra marca, que foi terminar a temporada regular com um triplo-duplo de média, feito que também só o Robertson tinha conseguido.

Agora, com o final da temporada regular, Westbrook vive uma concorrência com o ex-companheiro James Harden para ver quem será o MVP. Com todos esses feitos realizados e por todos os problemas sofridos no início da temporada por conta da saída de Kevin Durant, provavelmente ele será o eleito, mas não se deve jogar fora toda a bela temporada de James Harden, que também ficará na história.

Nos playoffs, por incrível coincidência, Oklahoma City Thunder e Houston Rockets irão se enfrentar logo na primeira fase, protagonizando um dos melhores duelos entre os dois melhores jogadores da NBA atualmente.

Parabéns Westbrook!

João Eduardo Gurgel

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.