Header Ads

Mais uma vez o Remo fez o impossível

O Remo jogou nesse domingo (23/04) contra o Independente de Tucuruí no Mangueirão, pelas semifinais do Parazão. Os visitantes vinham com a vitória por 2 a 0 a seu favor, enquanto o time da casa precisava de uma vitória por dois gols de diferença para levar a partida aos pênaltis. Para muitos isto era impossível, levando em consideração os diversos problemas internos que vêm acontecendo no clube, porém a esperança ainda estava viva no coração dos verdadeiros remistas, e o que parecia impossível aconteceu.

Foto: Fábio Will/ASCOM Clube do Remo
O Leão entrou em campo buscando o placar e mantinha bem a posse de bola, porém do outro lado o Galo conseguia construir melhor as jogadas, e logo aos 12 minutos Magno marcou para os tucuruienses. Assim que fizeram o gol, os visitantes passaram a manter-se na zaga, e conseguiram segurar o placar durante todo o primeiro tempo.

Entretanto aos 2' do segundo tempo Igor João empatou para o Leão e colocou o Independente na retranca total, e assim permaneceu durante todo o restante do jogo. Aos 40 minutos o Mais Querido finalmente virou, e aos 42' ampliou o placar para 3 a 1, levando a decisão para os pênaltis.

Ao todo foram 24 cobranças de pênaltis, que para os torcedores pareceram não terminarem nunca. Com muita raça e sorte, o Leão conseguiu vencer os visitantes por 10 a 9, após Anderson Preto desperdiçar e deixar a vitória nas mãos de Val Barreto.

Com o triunfo perante o Independente, o Remo segue para a final do Campeonato Paraense contra o Paysandu, que venceu as semifinais contra o São Raimundo. Os jogos da decisão ocorrerão nos dias 30/04 e 07/05, e serão transmitidos pela Cultura via Transmissão Online (www.portalcultura.com.br) e pela TV (Para quem mora no Pará somente).

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.