Header Ads

Três pontos na conta de Vanderlei

Vanderlei pega pênalti de Alecsandro nos minutos finais. Foto: Ivan Storti | @SantosFC
Já diria o sábio, que se o goleiro sai de campo como melhor jogador do time, algo de muito errado aconteceu com a equipe durante a partida. Neste sábado (20\05) na Vila Belmiro, não foi diferente. Foram 11 defesas de Vanderlei durante toda a partida, boa parte delas dificílimas e coroando sua atuação, o camisa 1 pegou um pênalti num dos últimos lances do jogo.

O Peixe veio a campo com alguns desfalques, além dos já conhecidos Gustavo Henrique e Luis Felipe, Dorival poupou Renato, Vitor Bueno e Victor Ferraz, o último nem para o banco foi. Por outro lado, a equipe contava com retorno de Zeca após um mês de lesão e Ricardo Oliveira, que não pode atuar no meio de semana pela Libertadores.

O JOGO

Logo no início da partida, Lucas Lima dividiu com zagueiro do Coritiba e deixou o campo com suspeita de grave lesão. Mas poucos minutos depois, o Santos chegou ao gol com David Braz, após cruzamento de Hernández e Desvio de Bruno Henrique, o zagueiro que está a um gol de se tornar o maior "zagueiro artilheiro" do Peixe, só teve o trabalho de empurrar para as redes.

David Braz comemora seu primeiro gol no Brasileirão. Foto: Ivan Storti | @Santos FC
Daí pra frente começou o show particular de Vanderlei. Com grandes avanços pelo lado esquerdo, o Coxa apesar de não fazer uma grande partida, assustou e muito a meta do Santos. Kleber, William Matheus, Tomás Bastos, e por fim Alecsandro, ninguém conseguiu vazar o goleiro santista.

O Santos deve muito ao seu goleiro. O time - como já tem sido de costume na temporada - não conseguiu apresentar seu futebol envolvente. É claro, que pós-grandiosa classificação na altitude na quinta, alguns titulares poupados e a perda de Lucas Lima logo no início do jogo, atrapalhariam demais o rendimento de qualquer equipe, mas é para se ligar o sinal de alerta.

Não há equilíbrio entre titulares e reservas no elenco. Quando se troca Renato por Leandro Donizete e Lucas Lima por Rafael Longuine, por exemplo, o time perde demais em criação, saída de jogo, movimentação. E para ajudar, Ricardo Oliveira ainda não encontrou seu melhor futebol e tem perdido gols incríveis ao longo da temporada.

Aos trancos e barrancos, o Santos caminha firme. Com a vitória o time soma seus primeiros pontos no Brasileirão, mas a maratona continua. Já na próxima terça o Peixe recebe o Sporting Cristal, em jogo valendo a liderança de sua chave na Libertadores e domingo, encara o Cruzeiro também na Vila pelo campeonato nacional.

Apesar do pouco futebol apresentado, aparentemente os resultados positivos vão amenizando a pressão sofrida por Dorival Jr e apesar de precisar ser maluco para defender uma demissão tão precoce do comandante, é necessário admitir que ele está devendo e o time pode render mais.

Pedro Henrique  |  @PedroRamos17_

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.