Header Ads

Vacilamos e entregamos o titulo ao rival

Remo e Paysandu decidiram o Campeonato Paraense de 2017 nesse domingo (07/07) no Estádio Mangueirão, em Belém. Os times empataram por 1 a 1 no jogo da ida, e ambos precisavam de uma vitória simples para levar o título para casa.

Foto: Fernando Torres / Paysandu
A torcida compareceu em peso, e foi com o estádio lotado que os rivais entraram em campo focados na conquista. O Leão vinha com peças improvisadas, como Marquinhos e Zé Antônio, fato que colaborou para o rival se manter superior durante o primeiro tempo.

Em meio a dificuldades a zaga azulina conseguia impedir o avanço do Paysandu e se esticava para levar a bola para o ataque, porém faltava vontade aos remistas. Aos 30' Diogo Oliveira lançou a bola para Bergson marcar o primeiro gol do Papão, logo no primeiro tempo. O Remo deparou-se com a eliminação e resolveu tentar correr atrás, entretanto tinha pouco tempo para fazê-lo ainda na primeira etapa.

No segundo tempo o Mais Querido mostrou mais determinação e qualidade técnica em campo, porém faltava algo. Aos 8' o técnico remista, Josué Teixeira, fez duas substituições simultâneas e bastante arriscadas: Rodrigo e Fininho nos lugares de Léo Rosa e Marquinhos, respectivamente.

Em poucos minutos a mudança surtiu efeito: Rodrigo Miranda recebeu o passe de João Vitor na área e marcou para o Leão, deixando tudo empatado no Mangueirão. Os azulinos persistiram no jogo e tentaram até o final, mas perto do fim da partida o time relaxou e se sentiu confiante demais em relação à decisão nos pênaltis.

Era tudo que o Paysandu precisava para entrar na área com Bergson, fazer o segundo gol e garantir o título. Perante a certeza da eliminação e apenas 3 minutos restantes, os azulinos não tiveram opções a não ser aceitarem a derrota. Com a vitória por 2 a 1 o título foi para a Curuzu e o Remo continua no jejum de títulos.

Foto: Fernando Torres / Paysandu
Apesar da vitória bicolor, o Mais Querido segue o maior campeão no confronto direto contra os bicolores (257 a 232). Agora o foco de Josué é a Série C, que para o Leão começa dia 14/05 contra o Fortaleza, outro grande time que devido a problemas internos também vem enfrentando uma enorme crise. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.