Header Ads

Raça do Balotelli e ginga do Neymar, o empate veio com Sassá

Fala nação azul, novamente tivemos o privilegio de acompanhar um dos clássicos brasileiros que é Cruzeiro e Flamengo, muita historia e tradição em campo e hoje, tínhamos muita coisa em jogo. Um empate, não seria o suficiente para a Raposa e muito menos para o time carioca.

O Cruzeiro, em particular, briga pela vaga na preciosa e tão sonhada Libertadores, e não é que estamos no caminho certo? Cruzeiro resolveu mostrar serviço, quer dizer, antes tarde do que nunca, a Raposa está com uma boa sequencia no campeonato e seus últimos jogos, tem conseguido agradar seu torcedor. Temos que admitir, o Cruzeiro está sabendo se adaptar conforme a partida, às vezes não tem grande posse de bola, mas quando tem a oportunidade consegue ter uma postura decisiva, todas as jogadas até chegar ao gol do adversário são trabalhadas e as marcações e desarmes estão quase impecáveis, até nosso maior problema que tem sido a zaga, ultimamente, tem tomado poucos gols e decepcionado menos, glorifica de pé.

Foto: Maurício Farias/Cruzeiro
Se vocês pararem para pensar, um empate diante de uma das melhores equipes não é ruim, ainda mais quando o grupo consegue fazer um confronto de igual para igual, sem medo, mesmo saindo atrás no marcador não se intimidou, buscou o empate e teve a chance de um gol da virada (uma pausa para falar dessa oportunidade de virar o placar). Sassá meu querido, muito obrigada pelo golzinho de empate, foi muito útil, porém como você não me cruza aquela bola para Rafael Sóbis, e por isso empate fica nas suas costas, primeiro porque fez o gol com direito a “Sassarrada” e depois porque não viu o Sóbis pedindo a bola, então obrigada?

Não podemos esquecer também de agradecer a torcida cruzeirense que fez um show dentro e fora do estádio, 43 mil presentes, foram o décimo segundo jogador e assim como o time celeste, fizemos nossa parte e sempre continuaremos fazendo, isso tudo é por amor, Vamos Cruzeiro.

Enfim, o caminho é esse, não estávamos satisfeito com o empate, porém estamos satisfeitos com o rendimento da equipe que buscou á todo momento um resultado melhor, Cruzeiro e Flamengo fizeram um duelo proporcional, e nesse pensamento e com todo esforço possível o Maior de Minas vai se estabilizando aos poucos. Agora é foco total nas próximas partidas, sendo que as próximas duas partidas serão fora de casa, então pés no chão, foco e determinação para alçarmos o nosso objetivo.

Paula Fernandes / @Paulinha_CEC

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.