Header Ads

Boa 4 x 1 Ceará: Jogo de um só time

Ceará joga mal, é dominado pelo Boa em Varginha e perde por 4 a 1.

Não foi nem de longe o resultado esperado pelo torcedor, o Ceará fez pouco, falhou bastante durante o jogo e sofreu uma goleada para o Boa. Mesmo com a derrota o alvinegro segue no G-4 com 34 pontos.
Ceará joga mal e acabou sendo goleado. FOTO: Sérgio Avellar/Boa Esporte
Na primeira etapa faltou objetividade ao Ceará, tanto que conseguimos criar apenas uma misera chance de gol e aos 34 minutos com Pedro Ken. Por sua vez o time da casa foi protagonista, soube propor o jogo e usar a velocidade do seu ataque, tanto que após ter desperdiçado duas chances o gol saiu aos 25 minutos, em cruzamento da direita Casagrande subiu entre os zagueiros e aproveitou o escorregão de Everson.

Na tentativa de reagir no jogo, Marcelo Chamusca promoveu a estreia de Leandro Carvalho, mas o que já era ruim ficou pior. O Boa jogava com a vantagem e aumentou aos 21 minutos a defesa falha novamente e Rodolfo marca, aos 26 Everson precisou operar um milagre em chute de fora da área. Sem reação o Ceará tomou o terceiro novamente em erros defensivos, em cruzamento de Diones Thaciano subiu sozinho e garantiu o resultado para o time mineiro.
Ataque do Boa soube aproveitar os erros da defesa alvinegra. FOTO: Reprodução/Premiere
Durante todo o segundo tempo o vovô chegou apenas duas vezes com perigo, aos 30 minutos Lima fez boa jogada e obrigou a Fabrício a fazer uma linda defesa, aos 43 Luís Otávio marcou o gol alvinegro, em cruzamento de Pedro Ken o zagueiro cabeceou, o goleiro pegou, mas no rebote conseguiu colocar para as redes. Por fim, no último lance da partida, Rodolfo recebeu na entrada da área e colocou no canto de Everson, era o quarto gol do Boa.

No 1° tempo o Ceará não entrou em campo, sentimos falta das investidas de Lima que foi figura apagada. A apatia resultou no domínio total do time mineiro, que soube aproveitar os espaços e o vacilo defensivo para marcar seu gol.

No segundo tempo o que ja era ruim, conseguiu piorar consideravelmente, faltou organização ao setor ofensivo, que em todo o jogo pouco produziu. Três gols do Boa nasceram de falhas defensivas da retaguarda alvinegra, pela 1° vez na temporada o time levou 4 gols em uma única partida.

Chamusca precisa rever alguns conceitos, o primeiro é a volta de Tiago Alves entre os titulares, o zagueiro estava bem e foi sacado do time para a volta de Rafael Pereira (o titular da posição), mas Rafael voltou mal, perdido, sem ritmo. A segunda é Ricardinho, o maestro tem vaga nesse meio campo, cabe ao treinador não privar o time do talento e experiência do nosso camisa 8.
Rafael Pereira não voltou bem, Tiago Alves merece voltar ao time titular. FOTO: Globoesporte.com
Perder nesse campeonato louco que é a série b é algo até normal, mas não da forma que foi. O Ceará fez sem sombra de dúvidas a pior partida dele no campeonato, tudo deu errado desde a contusão do Pio no início do primeiro tempo até levar um gol na última bola do jogo.

O visitante indigesto não conseguiu repetir o desempenho de partidas anteriores, como Chamusca enfatizou em sua coletiva "A proposta de jogo foi a mesma dos jogos anteriores, mas hoje não funcionou".

Uma derrota dessa doi, mas não é o fim do mundo. Precisamos ter calma, ainda seguimos no G-4 e corrigir os erros (que foram muitos) dessa derrota em Varginha. O que o torcedor não quer é que esse resultado (até atípico) não venha interferir no restante do campeonato.

Próximo Jogo

O Ceará voltará a campo na próxima sexta-feira   25/08 diante o Náutico as 19h30min na Arena Castelão.

FICHA TÉCNICA
BOA 4 X 1 CEARÁ


BOA: Fabrício, Ruan, Caique, Laércio (Julio Santos), Paulinho,  Escobar, Diones, Reis (Alisson), Thaciano, Rodolfo e Casagrande (Radamés). T: Nedo Xavier

CEA: Everson, Pio (Cameta), Luís Otávio, Rafael Pereira, Romário, Raul, Richardson (Arthur), Pedro Ken, Lima, Cafu (Leandro Carvalho) e Elton. T: Marcelo Chamusca

CARTÕES AMARELOS: BOA: Laércio, Julio Santos e Escobar / CEA: Não houve

GOLS: Casagrande (25 1T); Rodolfo (21 2T e 50  2T); Thaciano (30 2T) e Luís Otávio (43 2T).

Davi Maia | @davims

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.