Header Ads

Liverpool atropela o Bayern de Munique em exibição de gala na Allianz Arena

Dia primeiro de Agosto, duas horas da tarde. A escalação do Liverpool, que vai a campo mais tarde contra o Bayern de Munique pela Audi Cup, é revelada. Após vários testes na pré-temporada, Jürgen Klopp decidiu escalar um time muito forte para enfrentar os anfitriões. Pela primeira vez, torcedores do Liverpool poderiam ter um gostinho do que seu novo quarteto ofensivo – Philippe Coutinho, Mohamed Salah, Sadio Mané e Roberto Firmino – seria capaz de produzir.

No gol, Loris Karius recebeu a chance de defender a meta do Liverpool num estádio onde o jovem alemão já havia brilhado em outros momentos com o Mainz. Alberto Moreno e Trent Alexander-Arnold nas laterais, acompanhados de Joel Matip e Dejan Lovren no miolo de zaga, fechavam a linha defensiva. Pelo meio, Jordan Henderson e Emre Can trabalhavam com Coutinho para suprir a linha de frente.

Como esperado, o Bayern teve mais a bola no primeiro tempo, mas pouco assustou – quase nada, na verdade. O Liverpool precisou de apenas 7 minutos para abrir o placar, quando Roberto Firmino desarmou Tolisso no círculo central, avançou em velocidade e lançou Sadio Mané, que invadiu a área e encheu o pé, de canhota, para bater o goleiro Ulreich.

Foto. Divulgação: Liverpool FC.
Os contra-ataques da equipe inglesa incomodavam muito o time de Carlo Ancelotti. Na segunda chance de partir em velocidade, Roberto Firmino ligou Alberto Moreno que avançou pela ponta esquerda e cruzou rasteiro, na medida para Mohamed Salah, que bateu para o gol, provocando uma ótima defesa do arqueiro.

Poucos minutos depois, Tolisso derrubou Roberto Firmino na entrada da área – o brasileiro deu muito trabalho para a defesa do Bayern. Na bola, Alberto Moreno – que fez uma partida muito boa – colocou a bola com precisão por cima da barreira e mais uma vez Ulreich precisou entrar em ação para evitar o gol.

Foto. Divulgação: Liverpool FC.
Aos 34 minutos, no entanto, o substituto de Neuer ficou vendido. Sadio Mané acionou Alberto Moreno pela ponta esquerda da área com um passe de letra, o lateral espanhol encheu o pé e Ulreich fez uma ótima intervenção, mas a bola caiu na cabeça de Mohamed Salah, que apenas empurrou para o fundo das redes.

Foto. Divulgação: Liverpool FC.
No segundo tempo, Adam Lallana e Georginio Wijnaldum entraram em ação, nos lugares de Sadio Mané e Emre Can, movendo Philippe Coutinho para o flanco esquerdo, onde o camisa 10 continuou a ditar o ritmo da partida.

Dessa vez com mais posse de bola, o Liverpool dominava o jogo e o Bayern parecia perdido em campo. Daniel Sturridge, Ryan Kent, Ragnar Klavan e Marko Grujic foram introduzidos no jogo após 15 minutos da segunda etapa, nos lugares de Matip, Henderson, Firmino e Salah.

Sturridge teve uma chance após apenas 10 segundos em campo, arrancando do meio do campo e batendo pra fora pouco após invadir a área. Em seguida, Ryan Kent, numa jogada sensacional pela ponta, pedalou pra cima de Rafinha, avançou e cruzou para Marko Grujic fazer um belo gol – que acabou sendo invalidado, devido a posição irregular de Adam Lallana, que atrapalhou a ação do goleiro.

Após 83 minutos jogados, Daniel Sturridge matou o jogo, numa jogada parecida com sua primeira chance. Após belo passe de Ben Woodburn, o camisa 15 arrancou pelo meio e encobriu o goleiro com um toque de classe. Infelizmente, Daniel se machucou no lance e teve que dar lugar a Dominic Solanke.

Foto. Divulgação: Liverpool FC.
3 a 0 e uma performance dominante e autoritária do Liverpool, despachando os donos da casa que, pela primeira vez, não jogarão a final do torneio que sediam ano sim, ano não desde 2009. O ataque do time de Klopp, em especial, chamou muito a atenção e a defesa do Bayern não conseguiu lidar com toda a movimentação e intensidade do trio de frente, que acabou com o jogo.

O Liverpool enfrenta amanhã o Atlético de Madrid, time de Fernando Torres, na final da Audi Cup. Promessa de um reencontro emocionante e um teste completamente diferente para a equipe de Merseyside, que lidou com seu primeiro adversário de peso nessa pré-temporada de forma sublime.

Liverpool: Karius; Alexander-Arnold (Flanagan 79′), Matip (Klavan 67′), Lovren, Moreno; Henderson (Grujic 67′), Can (Wijnaldum 45′), Coutinho (Woodburn 79′); Salah (Kent 67′), Mane (Lallana 45′), Firmino (Sturridge 67′ (Solanke 86′)).

Gols: Mané 7’, Salah 34’, Sturridge 83’.

Por: Luiz Felipe Gomes Santos / @MakeUsDreamBR

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.