Header Ads

Abre o olho, Tite

Na tarde deste sábado (07), a equipe Rubro-Negra enfrentou o Guarani, na Arena Barueri. Os dois times precisavam da vitória, um para chegar ao G4 e o outro para se distanciar ainda mais do Z4. O Rubrão estava a 7 jogos invictos e não queria e nem podia perder esse jogo, era um jogo decisivo que colocava a equipe de Barueri colado na zona de acesso.

A equipe da casa começou bem, apareceu com um belo ataque, onde Daniel Borges fez a ultrapassagem pela direita, chegou na linha de fundo e cruzou. Vagner deu um tapa na bola e ela sobrou para o artilheiro do Oeste, Mazinho, empurrar para as redes aos 15' do primeiro tempo. A equipe do Guarani só conseguia ficar na marcação, não chegava ao ataque, fazia falta o homem do meio-campo, Fumagalli, que começou o jogo no banco. 
(Foto: Gabriel Ferrari)

Aos 29 minutos aconteceu a primeira chance do Bugre, em boa jogada pela esquerda, Bruno Nazário viu uma oportunidade e bateu de longe. A bola subiu sem dar trabalho ao goleiro. Aos 40' o Índio de Campinas era quem dominava o jogo. Paulinho subiu no segundo pau e cabeceou, Eliandro desviou e Rodolfo faz grande defesa, foi quase o empate. 

No segundo tempo, o técnico Marcelo Cabo fez uma alteração, tirou um atacante por outro, Eliandro saiu para a entrada de Rafael Silva. Aos 6 minutos, Paulinho deu um passe, quase que um presente, para Mazinho, que puxa o contra-ataque e enfiou para Raphael Luz. O meia invadiu a área e sofre pênalti de Vagner. Mazinho cobrou e converteu, fazendo o seu segundo gol em Barueri.

Aos 20', o Bugre teve grande oportunidade. Denner encheu o pé da entrada da área e acertou o poste. Na sobra, Nazário e Rafael Silva se atrapalharam. Quase o Bugre diminui. Com 35' Robert enfiou na frente, Lenon falhou e a bola sobrou para o meia do Rubrão, Mazinho, que encheu o pé e fez o terceiro gol no jogo.

Com o resultado garantido, o Rubrão começou a valorizar a posse de bola, deixando os jogadores do Bugre só no olé. Fim de jogo: Oeste 3x0 Guarani.

Com uma tarde inspirada, o meia Mazinho teve o privilégio de marcar 3 gols em uma partida e a torcida já diz para o Tite ficar de olho. O artilheiro do Oeste é também artilheiro da Série B, com 13 gols.


FALA, MAZINHO! (E pede música)
"Tive a oportunidade, conseguimos uma vitória importante. Agora sou artilheiro, mas tem que manter os pés no chão para continuar vencendo. Estou aqui desde 2006, tenho um carinho imenso por esse clube, estamos fazendo um belo campeonato. Vou pedir uma música do Fernandinho"

Fala torcedor: O torcedor Miguel Alexandre foi o entrevistado.

Colunista: Para você ainda há o sonho do título ou estamos mais perto apenas do acesso?

Torcedor: A cada rodada o time foi mostrando que está entrosado e que o fator casa ajuda muito, o acesso e o titulo são uma realidade e se continuar nesse embalo, fica difícil não acreditar.

Colunista: O que você faria para o time ter esse foco para o próximo jogo?

Torcedor: Manteria a mesma base e como técnico, teria uma conversa para os jogadores manterem os pés no chão.

Colunista: Temos um time bom, para você dá para buscar os 7 pontos do primeiro colocado e tentar ser campeão?

Torcedor: Sem dúvidas, o time prova a cada rodada sua força e ainda teremos o confronto direto com o líder.

Colunista: Qual foi a melhor peça do Oeste nesse jogo contra o Guarani?

Torcedor: O coletivo foi muito bem, mas não tem como não destacar o Mazinho, três gols em um jogo, fora as jogadas.

Colunista: O time está confiante, agora a torcida tem que colaborar nos jogos para apoiar o time, não é?

Torcedor: Sem dúvidas, mas você já nota a diferença nesse jogo com 6 mil torcedores na Arena, mesmo com chuva. A ideia é crescer mais ainda.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.