Header Ads

Irritante e previsível, Liverpool empata com o Newcastle


(Foto: Agência Reuters)

O Liverpool foi até Newcastle nesse domingo (01) para enfrentar o time da cidade no belíssimo estádio St. James Park. No comando do time estava Rafa Benítez, técnico muito querido pela torcida do Liverpool por conta do que já fez no comando dos Reds, vale lembrar que o espanhol era o treinador da equipe campeã da Champions em 2005, quando protagonizamos o milagre de Istambul contra o poderoso Milan. No entanto, contra o Liverpool, o técnico é um adversário ferrenho e não perdeu uma partida sequer. Tivemos a chance, mas não foi na tarde que conseguimos quebrar o tabu.


Com um começo intenso, ambas as equipes se lançaram ao ataque. O Liverpool criou boas chances e, como de costume, as desperdiçou. Até que, em lance individual aos 28’, Coutinho usou de sua mágica para abrir o placar a nosso favor. Em sua clássica jogada, trazendo da esquerda pro meio, o brasileiro acertou um chutaço no ângulo, sem chances de defesa. Porém, a vantagem durou pouco e 7 minutos depois, Joselu recebeu uma bela enfiada de bola entre a nossa dupla de zaga, e com uma boa dose de sorte, empatou a partida após tentativa de corte de Matip, que acabou rebatendo a bola nas pernas do atacante em direção ao gol.

No segundo tempo a vontade de ganhar o jogo se manifestou de maneira diferente nas equipes, deixando a partida mais brigada, com entradas duras e pouca inspiração dos dois lados. Muitos carrinhos e poucas chances de gol.


Irritante. Essa é uma boa palavra pra definir o que foi o Liverpool na segunda etapa e infelizmente, vem sendo nos últimos jogos. Previsível, o time pouco ameaçou os donos da casa e, apesar de em dado momento chegar a ter 80% da posse bola, raros foram os chutes em direção ao gol. Jurgen Klopp mais uma vez demorou a fazer mudanças, mas as fez e colocou em campo Firmino e Solanke, que até foram úteis no abafa que o técnico alemão propôs, e pouco antes do jogo acabar, Oxlade-Chamberlain também entrou, mas em quase nada adicionou.


Com o empate, o Liverpool fecha a rodada apenas na sétima colocação, com sete pontos a menos que o líder, Manchester City. Daqui a duas semanas, o Liverpool volta a campo para encarar o grande rival Manchester United, em Anfield. Torçamos para que até lá Klopp consiga resolver os problemas do time, caso contrário, corremos sério riscos.

Caio Semblano

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.