Header Ads

A Lazio somos nós!: Bruno César, do Portal Laziale Brasile



A coluna “A Lazio somos nós” de hoje é muito especial, afinal estamos falando de um rapaz de 28 anos, residente em São Caetano do Sul no ABC Paulista, roqueiro das antigas, em especial amante do Rock Nacional 80’s, o grande BRock e conhecido nas redes sociais por administrar uma das maiores e mais atualizadas páginas sobre a Società Sportiva Lazio no Facebook. Hoje o papo é com nosso querido Bruno César, administrador do Portal Laziale Brasile.


Minha amizade com o Bruno é de quase uma década. Lembro que em meados de 2010 procurava no saudoso Orkut alguma página onde pudesse acompanhar informações, trocar ideias e fazer amigos que compartilhassem da mesma paixão, que é a nossa Lazio. Foi quando conheci uma página (que eu sinceramente não me lembro nem o nome) e nosso brother estava nela. Me recordo que depois de um tempo “migramos” para o “Portal “ e lá estamos desde então, juntamente com outras páginas maravilhosas e completas como a Lazio Club Brasil e a SS Lazio Brasil.

Daje Ragazzi: Bruno em um dos muitos momentos vibrando com uma vitória da SSL. Foto: Arquivo pessoal
Outra particularidade do nosso amigo laziali, é que talvez ele tenha uma das maiores coleções de objetos da SS Lazio, que vão desde camisetas de diversas temporadas passando por itens de colecionador adquiridos por meio de compra, até objetos enviados por jogadores, como o zagueiro brasileiro Cribari, que atuou no clube entre 2005 a 2010.


Confira abaixo as histórias que o Brunão compartilhou comigo:

Lian: Quando surgiu sua paixão pela Lazio?
Bruno César: No final da temporada 99/00, quando conquistamos o Scudetto. Me lembro vagamente; tinha 10 anos e estava na casa da minha avó. Passava na Band e lembro da invasão da torcida para comemorar o bicampeonato. Mas a primeira vez que vi a Lazio na TV foi no dia 28/11/2004: Lazio 2 x 3 Cagliari na Espn Brasil.

Lian: Conta pra gente sobre o Portal Laziale Brasile.
Bruno César: Então, a “portal” se iniciou no clássico e “falecido” Orkut lá pra meados de 2008/2009. Um amigo de Rio Branco (AC) teve a ideia, aí com o tempo ele passou a administração para mim e fomos cada vez mais interagindo com muitos laziales, inclusive figuras muito interessantes, como a Thalita Cribari e Mara Purga, esposa e sogra respectivamente do brasileiro Cribari que atuou na Lazio. Depois de cerca de uns três anos atrás, trouxe a ideia para o Facebook e estamos lá diariamente, sempre interagindo e nos informando sobre esse mundo tão bacana chamado SS LAZIO.

Lian: Qual foi o momento mais marcante da Lazio pra você desde que se tornou torcedor?
Bruno César: Ver a Lazio na Champions League de 2007/2008, e posteriormente o jogo contra o Real Madrid no Stadio Olimpico. A maior atmosfera laziale desde os tempos áureos da Cirio, com toda a certeza.
Foto: Arquivo pessoal
Lian: E o momento mais dificil?
Bruno César: Grande Parte da Temporada 2009/2010. Fizemos um primeiro turno terrível, o pior da história do clube na Serie A, e se não fosse a saída do técnico Ballardini e a chegada do Reja no começo do returno teríamos sido rebaixados. Me lembro após a derrota para o Catania em casa, na estreia do zagueiro brasileiro André Dias, a torcida tocando fogo nas cadeiras do Stadio Olimpico de Roma. O time tinha entrado na zona de rebaixamento.

Lian: Como você enxerga a tifoseria laziale no Brasil.
Bruno César: Pelo fato da Lazio não ser bem vista na mídia nacional, fica difícil a veiculação do clube com os brasileiros, mas os que existem são verdadeiros e acompanham o time aonde quer que esteja. Torcedor da Lazio, tem aquele ritual clássico no domingão do Calcio, como diz o hino do clube “la domenica sempre ci fai compagnia” (no domingo sempre te faço companhia), e isso tem que continuar.

Lian: Qual o maior ídolo da SSL para você e por quê?
Bruno César: Tommaso Rocchi. Ele não era um primor de técnica, mas tinha muita raça e faro de gol. Não é a toa que em oito temporadas ultrapassou a marca de 100 gols com a maglia biancocelesti.

Lian: Você deu uma entrevista para rádio da Lazio Style Radio, não foi? Como foi essa experiência?
Bruno César: Exatamente. Foi uma experiência única e inesquecível. Isso aconteceu através de um laziale austríaco, chamado Markus Enzmann, que tem contatos dentro da Lazio Style Radio e fui convidado a participar do programa Lazio World.

Lian: E sua amizade com o Cribari?
Bruno César: Então, comecei a amizade com o Cribari através da comunidade do Orkut (Portal Laziale), que tinha como membros a esposa e a sogra dele, pessoas “super legais” por sinal. Aí ganhei duas camisetas, uma bola, um cachecol, calendários, cards e até lembranças do Vaticano (risos). Foi sensacional!!!

Lian: Deixa aí uma mensagem para todos os leitores do Linha de Fundo, em especial aos torcedores da nossa amada Società Sportiva Lazio.
Bruno César: Lema CLÁSSICO de todo vero laziale: Non Mollare Mai!



Coleção de objetos da Prima Squadra della Capitale. Foto: Arquivo pessoal

 "Ma questo grande amore non finisce davvero, biancazzurro nel cuore e nei colori del cielo"


 LA LAZIO SIAMO NOI.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.