Header Ads

Que seja a despedida do mau futebol

Despedida do Galo em Maceió no ano de 2017, uma derrota que representa a temporada do clube. A partida disputada no Estádio Rei Pelé contra o Paraná, celebrou o acesso da equipe do sul para a Série A de 2018.
Quase em nenhum momento o Galo teve chances reais de marcar gol. A defesa apática fazendo a lambança de sempre fez com que o Paraná chegasse ao gol. Alemão, que entrou na segunda etapa, construiu a jogada pelo lado esquerdo, fez o cruzamento e Gabriel foi tirar a bola da área, mas acabou acertando em Audálio e a bola acabou indo parar no fundo do gol. 
(Pei Fon / Portal TNH1)
Foto: TNH1
Audálio que estava na reserva, mas acabou entrando logo na primeira etapa no lugar de Flávio Boaventura que saiu por lesão. Clebinho e Neto Baiano entraram no segundo tempo. Eduardo e Zé Carlos foram os escolhidos pelo treinador Mazola Júnior para sair de campo.
Atrás do placar, a necessidade de buscar o resultado de empate era grande. Encerrar o ano com resultado negativo em casa não seria nada bom para o clube, elenco e torcida.
O jogo começava a ter propostas diferentes. Contra-ataque, posse de bola, pressão, etc. 
Não era de se esperar um grande futebol, já que a equipe não brigava por nada e os jogadores passaram toda a competição com descompromisso total. Gabriel, um dos jogadores mais criticados da temporada, foi vaiado quando tocava na bola. Torcida mostrando total insatisfação com o jogador. O jogo teve seu fim aos 46' da segunda etapa, onde o Paraná garantiu seu acesso e o Galo se despediu da torcida na temporada com derrota.

A despedida

Agora só nos resta mais uma partida que será diante do América Mineiro em Belo Horizonte no Independência. O jogo será no próximo sábado (25). Já não resta mais nada para o Galo na competição, apenas cumprir tabela como nesta rodada. Já o América briga pelo título e pode haver uma "mala preta" pelos dois lados, do América e do Internacional. Já que ambos brigam pelo título e uma simples vitória da equipe mineira faz com que a taça fique em "BH".

Ficha técnica
CRB
1- Edson Kölln
2- Eduardo (18- Clebinho, aos 20' do 2º tempo)
3- Flávio Boaventura (14- Audalio, aos 16' do 2º tempo)
4- Gabriel
6- Diego
5- Yuri
8- Rodrigo Souza
7- Edson Ratinho
10- Tony
11- Chico
9- Zé Carlos (22- Neto Baiano, aos 20' do 2º tempo)
Técnico: Mazola Jr.
Banco: 12- Bruno, 14- Audalio, 15- Pedro Botelho, 17- Jorginho, 18- Clebinho, 19- Erick Salles, 20- Elvis, 21- Rodolfo, 22- Neto Baiano e 23- Marion.
Paraná
1- Richard
2- Cristovam
3- Maidana
4- Eduardo Brock
6- Rayan
5- Leandro Vilela (16- Gabriel Dias, aos 20' do 2º tempo)
8- Vinícius Kiss
7- Vitor Feijão (18- Felipe Alves, aos 9' do 2º tempo)
10- Renatinho
11- Zezinho (19- Alemão, aos 15' do 2º tempo)
9- Robson
Técnico: Matheus Costa
Banco: 12- Marcos, 13- Artur Jesus, 14- Junior, 15- Igor, 16- Gabriel Dias, 17- Luiz Otavio, 18- Felipe Alves, 19- Alemão, 20- João Pedro, 21- Minho e 22- Giovanny.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.