Header Ads

Quem não faz, toma (2): Festa dos Gambás na Baixada

Fui crente na vitória. Tudo foi “impressionante” até o pênalti. Até ali o Furacão pressionou os Gambás e fez uma partida muito boa, com vários destaques. O Corinthians não menosprezou e encarou como uma final. Eles queriam apenas um ponto, a vitória seria a glória. O adversário respeita quem ele acredita ser grande e o Corinthians respeitou o Furacão. 4´ minutos Lucho chutou fraco, mas mostrou que o Furacão iria com tudo. Em seguida o Corinthians respondeu com Romero. As equipes se equivaliam em campo, mas o Atlético era melhor. Aos 12´ se Lucho não se encolhesse teria marcado. Aos 16´ Weverton fez uma defesa sensacional em chute de Romero. 

Jogo corrido e muito bom. 19´ e Gedoz cobra falta, uma bomba, a bola caprichosamente acerta a trave. Jogo lá e cá, ritmo bom. Aos 31´ festa. No cruzamento de Nikão, Fagner meteu a mão na bola. Pênalti! Nikão pegou a bola, bateu e ... perdeu novamente. Bateu mal. Thiago Heleno deveria voltar a ser o batedor oficial. Chances assim não podem ser desperdiçadas. Foram 7 pontos desperdiçados por erros de penalidades nos últimos jogos. Pênalti deve ser batido no alto. Começaram com essa paradinha besta ao invés de praticarem cobranças no alto que são infalíveis. E da perda do pênalti em diante o time começou a desanimar. 


Aos 41´ Lucas Fernandes é agredido vergonhosamente por Pablo e a arbitragem deixa passar. Aos 45´ é a vez de Thiago Heleno fazer falta dura, afinal se o jogo era de vale tudo porque não aproveitar!?!?! E o 1º tempo terminou com as tais bolas levantadas que não servem para nada, afinal não temos bons cabeceadores no ataque. 2º tempo e daqui vou direto para os 31´ minutos, pois o gol do Corinthians foi o único lance de emoção. Giovanni recebeu na esquerda e cruzou, Weverton ficou vendido achando que Rodriguinho chutaria e o mesmo fez corta luz e enganou o goleiro que foi criticado duramente e injustamente. Vocês irão se arrepender amargamente no futuro.

Enquanto o 1º tempo foi alucinante o 2º foi absolutamente morto. O Corinthians se retrancou por completo e o Atlético passou a "chuveirar" sem objetividade. Aliado ainda aos constantes erros de passes, erros de cruzamentos, erros de fundamentos, erros e mais erros que não existiam na 1
ª etapa. E como sempre digo, nosso esquema tático é perfeito, mas só se for jogado com dedicação, 2 atacantes rápidos e sem erros de passe. Caso não seja assim, ocorre o que vemos quase sempre. E assim terminou o jogo, naquela melancolia de quem não acreditava que estava vendo o mesmo filme novamente. Quem não faz ... Toma!

Em tempo: Tirinhas Valiosas

O melhor público do Atlético no brasileirão foi contra o Flamengo no empate de 0x0, ainda quando vivíamos o êxtase da Libertadores. Público pagante 19.923. Contra o Corinthians o público pagante foi 18.062. Prova de que não interessa se há protesto, se há isso ou aquilo, ou se o time está bem ou mal, comparecem somente os mesmos de sempre.

Que baixaria! Defendo quando vejo atitudes grandiosas, mas quando as atitudes são descabidas não perdoo! Já falei que a festa na praça é uma boa iniciativa. Já elogiei as limpezas da bagunça logo após a festa. Mas não vou compactuar com ameaças a outros Atleticanos como as ocorridas após o jogo, tanto nas imediações, quanto por mensagens. Provas não faltam. Vocês não se deram conta que isso é um tiro no pé de vocês? Que o MP está de olho! Inacreditável como ainda existem idiotas que estragam grandes ideias simplesmente porque se acham machões. Só cuidado com essa macheza toda, ela poderá render anos de cadeia aos envolvidos!

Por: Robson Izzy Rock @Robson_IzzyRock

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.